Carregando...

Moro volta a criticar PT no Twitter após ser alvo de operação

O ex-juiz Sergio Moro, candidato ao Senado no Paraná pelo União Brasil, voltou a criticar o PT em sua conta do Twitter. "O responsável por um esquema de corrupção de bilhões de reais na Petrobras pode ser candidato sem ser incomodado. Agora muito cuidado com os perigosos santinhos e o tamanho da letra dos nomes dos suplentes do seu adversário. O PT não me intimidará, nunca conseguiu.", escreveu.

Ontem, 3, o juiz foi alvo de busca e apreensão por determinação da juíza Melissa de Azevedo Olivas, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR). Moro teve seu material de campanha apreendido de seu apartamento após suspeitas de irregularidades.

  • Em anúncio no YouTube direcionado a mulheres, Michelle Bolsonaro exagera sobre papel do governo na transposição
  • O que é sigilo de cem anos imposto por Bolsonaro e atacado por Lula
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

A juíza atendeu a um pedido da Federação Brasil da Esperança no Paraná, que acusa o ex-juiz de tentar "esconder" os suplentes no material de campanha. A Federação Brasil da Esperança é integrada pelo PT, PCdoB e PV, de acordo com o site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar