Carregando...

Morre Roberto Carmona, jornalista esportivo e lenda do rádio

Roberto Carmona era conhecido por utilizar bermudas em suas coberturas devido a irritações que sofria na pele
Roberto Carmona era conhecido por utilizar bermudas em suas coberturas devido a irritações que sofria na pele
Foto: Agliberto Lima/ AE

O jornalista Roberto Carmona morreu na madrugada deste domingo, 4, aos 86 anos. Lenda do rádio, ele era um dos repórteres esportivos com maior experiência no país, contabilizando seis décadas de carreira na beira dos gramados. De acordo com o jornalista Flávio Ricco, do Portal R7, Carmona havia acabado de passar por uma cirurgia na coluna e foi vítima de uma infecção.

Em sua trajetória profissional, ele passou por grandes rádios como Nacional (Globo), Jovem Pan, Record, Bandeirantes, Gazeta e Excelsior. Nos últimos anos, Carmona trabalhava como repórter na Rádio Transamérica.

  • Justiça Eleitoral determina busca e apreensão na casa de Moro
  • Apresentadores batem boca sobre Lula: "Infelizmente, ele está certo"; assista
  • As notícias do dia você acompanha na capa do Terra; confira!

Nascido no interior de de São Paulo, em Presidente Bernardes, o "Senho do Rádio" se mudou aos três anos para o Paraná, onde encontrou uma das paixões da sua vida: o Athletico Paranaense. Carmona deixa quatro filhos e oito netos. A história dele é contada no livro "O Senhor do Rádio: A fantástica história de Roberto Carmona, o repórter que viveu os anos dourados do rádio esportivo brasileiro" (Editora Kelps, 2022).

O falecimento do repórter repercutiu entre jornalistas e clubes de futebol. André Hernan, Silvio Luiz, André Henning lamentaram em suas contas no Twitter, assim como o perfil oficial do Corinthians.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar