Carregando...

A partir deste sábado, 15, candidatos não podem ser presos

No intuito de priorizar o exercício do sufrágio - direito político de votar e ser votado -, a partir deste sábado (15) candidatos não podem ser presos.

A regra é estabelecida pelo artigo 236 do Código Eleitoral e vale até as 17h do dia 1º de novembro, quando se completam 48h do encerramento da votação.

Site de Eduardo Bolsonaro faz postagem a favor de Lula 'Maior caso de corrupção do planeta'? Qual a gravidade do Orçamento Secreto Vídeo mentiroso de Carla Zambelli somou 97 mil visualizações até sair do ar

Para os eleitores, a regra é similar, mas passa a valer a partir de cinco dias antes das eleições. Neste ano, a data cairá no dia 25 de outubro. Mesários e fiscais eleitorais também ficam sujeitos à regra dos eleitores.

A proibição da prisão, contudo, tem exceções. Prisões em flagrante, por causa de condenação em crime inafiançável ou por desrespeito ao salvo-conduto podem ocorrer normalmente.

A regra do Código Eleitoral cabe em algumas modalidades de prisão, como preventiva, cautelar ou por condenação em crimes que tenham penalidades menores e sejam passíveis de fiança.

+Os melhores conteúdos no seu e-mail gratuitamente. Escolha a sua Newsletter favorita do Terra. Clique aqui!


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*