Carregando...

Em meio à estiagem, Cascavel abre licitação para contratar empresas de poços artesianos

Prefeitura de Cascavel abre licitação para contratar empresas de poços artesianos

Prefeitura de Cascavel abre licitação para contratar empresas de poços artesianos

Por causa da estiagem, a Prefeitura de Cascavel publicou, na terça-feira (31), um processo de licitação para a contratação de empresas de poços artesianos.

Conforme a prefeitura, a medida deve ajudar, principalmente, moradores da área rural, que estão com escassez de água para beber e para tratar as criações.

  • Sanepar reabre registro do Lago de Cascavel para ajudar no abastecimento de água
  • Governo do Paraná decreta situação de emergência hídrica

De acordo com a licitação, o investimento de R$ 2,4 milhões será aplicado na perfuração e instalação de 10 a 15 poços artesianos.

No dia 26 de agosto o município decretou situação de emergência por causa da crise hídrica na cidade.

Estiagem tem causado escassez de água nas comunidades rurais, em Cascavel — Foto: Sidney Trindade/RPC

Estiagem tem causado escassez de água nas comunidades rurais, em Cascavel — Foto: Sidney Trindade/RPC

Segundo a prefeitura, o processo licitatório está previsto para ocorrer em 16 de setembro.

A empresa contratada, conforme o município, deve começar os trabalhos pelas comunidades que mais precisam, até o fim de setembro.

A Secretaria Municipal de Agricultura informou que o município tem agilizado ao máximo os processos burocráticos para a criação dos poços.

Enquanto as instalações não ocorrem, a prefeitura disse estar auxiliando o abastecimento de água dos produtores com caminhões-pipa.

Medidas

Conforme o secretário de Agricultura, Renato Segala, no fim de 2020 foram criados nove poços artesianos em Cascavel, em parceria com a prefeitura, o Instituto Água e Terra (IAT) e Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar).

Entretanto, nenhum poço está funcionando no momento. Por isso, o município está em contato com os outros dois órgãos para finalizar o serviço e começar o bombeamento de água para os moradores do interior.

“Nós precisamos agora finalizar o processo de instalação dos equipamentos e da rede de distribuição de água", disse.

Prefeitura de Cascavel pretende contratar empresas para instalação de poços artesianos — Foto: Sidney Trindade/RPC

Prefeitura de Cascavel pretende contratar empresas para instalação de poços artesianos — Foto: Sidney Trindade/RPC

Assistência

Para ajudar a população da área rural em vulnerabilidade, a prefeitura divulgou, nesta quarta-feira (1º), que comprou mais de 1,1 mil cestas básicas.

Conforme o município, a compra no valor de R$ 107,1 mil teve a dispensa de licitação por causa do decreto de situação de emergência no município.

As cestas serão distribuídas pela Secretaria Municipal de Assistência Social para as famílias do interior que tem o Cadastro Único.

Procura por poços

João Elói dos Santos Neto é empresário no ramo de poços artesianos em Cascavel. Ele disse que a procura por esse tipo de serviço aumentou 150% nos últimos tempos.

"Essa estiagem está secando minas, poços rasos, então, às vezes, a única alternativa do produtor rural ou até na cidade, nas indústrias, é fazer o poço artesiano. Então aumentou muito a procura e demanda de serviços justamente por causa dessa estiagem que já vai para dois anos.”

A empresa dele conta com mais de 30 agendamentos para a instalação de poços, por isso, os clientes têm esperado cerca de 20 a 30 dias para que a perfuração seja realizada.

VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR

8 vídeos

Veja mais notícias da região no G1 Oeste e Sudoeste.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*