Carregando...

Sport aciona CBF por anulação de jogo contra o Palmeiras e fim do VAR em suas partidas

O Sport enviou um ofício à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para pedir a anulação da partida contra o Palmeiras, disputada no último sábado, na Ilha do Retiro, pela 29ª rodada do Brasileirão.

O clube pernambucano alega que houve o descumprimento das regras quando o árbitro do duelo não sinalizou pênalti depois da bola bater na mão de um atleta palmeirense dentro da área. Em um primeiro momento, Dyorgines José Padovani de Andrade até marcou a infração, mas foi chamado pelo VAR e mudou de ideia.

Mediante a essa situação, o time rubro-negro solicitou uma perícia técnica de vídeo do lance em questão e o áudio da comunicação entre árbitros de campo de do VAR.

Além disso, o Leão requereu o fim da utilização do VAR nos jogos que restam da equipe na atual temporada. Em pronunciamento oficial, o presidente Carlos Frederico disse que, até o momento, o clube já foi prejudicado em oito partidas do Nacional.

"Desde o ano passado, final de dezembro, foi feito um ofício. A CBF foi citada, em nome do presidente Rogério Caboclo, e a Comissão de Arbitragem, em nome do Sr. Gaciba. À ouvidoria de arbitragem da CBF também foi oficiada. Listamos oito jogos em que a gente viu um flagrante erro ou a não utilização do VAR em lances decisivos e capitais contra o Sport. A gente acreditava que as providências tomadas tinham surtido efeito. Para nossa surpresa, vem mais um episódio de má utilização do VAR", disse o mandatário.

"O trabalho nosso está acontecendo no extra campo para tentar diminuir essa tentativa, talvez, de tornar o campeonato desigual", completou.

Confira a nota do Sport na íntegra:

O Sport Club do Recife vem por meio desta nota, esclarecer os procedimentos tomados em relação aos fatos ocorridos em relação as arbitragens dos jogos do Sport, disputados no Campeonato Brasileiro de 2020/2021, em especial, no último jogo, diante do Palmeiras, no último sábado (09), na Ilha do Retiro.

Abaixo, listamos os pedidos feitos em ofício protocolado na Confederação Brasileira de Futebol (CBF):

Oferecer denúncia ao quadro de árbitros e do VAR, de acordo com o artigo 259 do CBJD;

Requer a anulação da partida em razão do descumprimento das Regras e Disposições do IFAB, conforme fundamentação anexada ao pedido;

Requer a não utilização de arbitragem de vídeo (VAR) nos jogos a serem disputados pelo Sport na Série A 2020;

Requer perícia técnica de vídeo dos lances em questão, e áudio da comunicação entre árbitros de campo de do VAR, dando ciência ao clube de todo o conteúdo;

Que fique claro que, em momento algum, o Sport solicitou e/ou mencionou a retirada ou veto de qualquer nome da Comissão Nacional de Arbitragem, como também nunca cogitou ou cogitará, qualquer ato de desobediência às regras do futebol, que deve ser jogado em campo, com honra e altivez, características natas aos que fizeram e fazem o Sport Club do Recife.

Gazeta EsportivaGazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar