Carregando...

Sala de cinema tem confusão durante sessão de 'Marighella', em João Pessoa

Confusão durante sessão de "Marighella" é registrada em cinema de João Pessoa

Confusão durante sessão de "Marighella" é registrada em cinema de João Pessoa

Uma confusão foi registrada em uma sessão ‘Marighella’, em um shopping de João Pessoa, na segunda-feira (8). De acordo com uma testemunha, que gravou o momento, um homem chamou público de "comunistas", e se referiu ao golpe militar de 1964 como "revolução".

Aog1, uma espectadora, que preferiu não ser identificada, contou que o homem reagiu a algumas cenas do filme durante a exibição. Uma dessas reações aconteceu, no momento em que um professor de escola militar anunciava uma comemoração da ‘Revolução de 1964’, e um espectador gritou na plateia ‘golpe’ e ao que o homem respondeu com o grito de 'revolução’. Ao final da sessão, o tumulto começou.

"O público aplaudiu e gritou coisas como ‘Fora Bolsonaro’ e ‘Sai, fascista’, e ele desceu as escadas da sala de cinema chamando o público de ‘comunistas’, 'é isso (perseguição e tortura sofrida por Marighella) que tem que acontecer com vocês'' disse a testemunha.

Seu Jorge em 'Marighella', de Wagner Moura — Foto: Divulgação

Seu Jorge em 'Marighella', de Wagner Moura — Foto: Divulgação

A espectadora também relatou que o público vaiou e jogou objetos como pipoca e bandejas no homem. Ele e outro homem que estava no público começaram a discutir diretamente, tendo empurra-empurra. Um funcionário do cinema tentou separar a confusão, fazendo com que o homem que estava provocando o público caísse.

O homem levantou e saiu do cinema ainda exaltado e gritando com o público. A confusão cessou quando funcionários do cinema falaram com homem e o público foi embora.

Em nota, a rede Cinépolis disse que lamenta o incidente ocorrido e enfatiza que repudia toda e qualquer forma de desrespeito e violência e zela para que o ambiente de lazer dentro dos cinemas da rede sejam de harmonia e respeito. Além disso, informou que no momento em que as manifestações dentro da sala foram identificadas, a equipe de segurança do Manaíra Shopping foi imediatamente acionada. O shopping disse que não foi necessária a intervenção dos seguranças, pois os funcionários do cinema controlaram a situação.

Marighella

O filme dirigido por Wagner Moura estreou no último dia 4 em todo país, após ter o lançamento adiado algumas vezes nos últimos dois anos.

Estrelado por Seu Jorge, o longa conta a história do guerrilheiro Carlos Marighella, baiano que combateu a ditadura militar. Até o último domingo (7), 70 mil pessoas foram aos cinemas assistir o longa-metragem.

Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*