Carregando...

Policial militar é morto a tiros ao separar briga em vaquejada, em Aguiar, no Sertão da Paraíba

Salviano da Silva, de 56 anos, trabalhava na Polícia Militar da Paraíba há 32 anos — Foto: Reprodução / Polícia Militar da Paraíba

Salviano da Silva, de 56 anos, trabalhava na Polícia Militar da Paraíba há 32 anos — Foto: Reprodução / Polícia Militar da Paraíba

Um policial militar de 56 anos foi morto a tiros, na madrugada deste domingo (19), ao separar uma briga, em uma vaquejada, no município de Aguiar, no Sertão da Paraíba. Francisco Salviano da Silva, conhecido como Neudinho, estava à paisana e foi atingido quando tentou conter um suspeito que estava ameaçando outras pessoas no local.

De acordo com a Polícia Militar, Francisco levou cerca de quatro tiros e chegou a ser socorrido para o Hospital Regional de Piancó, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

No momento da discussão, outro suspeito se aproximou e atirou duas vezes no policial. Após o crime, os suspeitos fugiram.

LEIA TAMBÉM:

  • VÍDEO: Duas crianças são encontradas trancadas em carro durante festa em Rio Tinto
  • Tentativa de feminicídio: mulher fica ferida após ser confundida com ex-companheira de suspeito

O militar trabalhava há 32 anos na PM e pertencia à 3º Companhia do 13º Batalhão. Ele também era funcionário municipal de Igaracy e maestro da banda filarmônica da cidade. Francisco deixa viúva e seis filhos.

A Polícia Civil segue em busca dos suspeitos.

Vídeos mais assistidos do g1 Paraíba

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*