Carregando...

Covid-19 no Paraná: quase 300 mil pessoas acima de 20 anos não se vacinaram, diz levantamento; mais jovens lideram abstenção

Quase 300 mil paranaenses não tomaram vacina contra a Covid-19

Quase 300 mil paranaenses não tomaram vacina contra a Covid-19

Mais de 296,4 mil pessoas com mais de 20 anos, no Paraná, não tomaram a primeira dose das vacinas contra a Covid-19, segundo um levantamento com base em dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Os números mostram que a faixa etária com mais abstenção à vacina é a que abrange pessoas entre 20 e 29 anos, o grupo mais jovem analisado.

Covid-19 no Paraná: quase 300 mil pessoas acima de 20 anos não se vacinaram, diz levantamento — Foto: Pedro Ribas/Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba

Covid-19 no Paraná: quase 300 mil pessoas acima de 20 anos não se vacinaram, diz levantamento — Foto: Pedro Ribas/Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba

Neste público, há 133,3 mil paranaenses que não compareceram para iniciar o ciclo de imunização, o que corresponde a uma taxa de 7,3% da estimativa de habitantes do estado com essa idade.

  • CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias
  • ACOMPANHE:Média móvel de mortes e casos no estado
  • VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas
  • MAPA: Veja onde se vacinar em Curitiba, no app Você na RPC

Números do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) estimam que, em 2021, o Paraná tenha 8,4 milhões de habitantes.

Veja o percentual de não vacinados, por faixa etária, no estado:

A segunda maior taxa se pessoas que não procuraram as unidades de imunização para tomar a primeira dose no estado está entre os habitantes com 80 anos ou mais, com 17,8 mil pessoas não vacinadas.

Considerando a estimativa de população do Ipardes para esta faixa etária, a abstenção à vacina é de 6,78%.

296,4 mil pessoas acima de 20 anos no Paraná não se vacinaram, diz levantamento — Foto: Reprodução/RPC

296,4 mil pessoas acima de 20 anos no Paraná não se vacinaram, diz levantamento — Foto: Reprodução/RPC

O melhor índice, conforme a análise, está entre a população com idades entre 60 e 79 anos, com 1,55% do público não imunizado. São 8.742 paranaenses que não tomaram a primeira dose no estado.

Mais de 470 mil não voltaram para 2ª dose

Conforme o levantamento, analisando as faixas etárias a partir dos 30 anos, foram 6.227.321 habitantes do estado que receberam a primeira dose das vacinas.

Em relação a este público, o número de pessoas que não retornaram para a segunda etapa é de 470.350.

  • Especialistas recomendam que moradores concluam esquema vacinal para maior proteção

Neste recorte, o público mais jovem, com idades entre 30 e 39 anos, representa mais da metade dos não imunizados com a segunda dose: são 238.600 pessoas sem completar o esquema vacinal, ou 14,9% da população estimada.

Também segundo esta análise, os habitantes da faixa etária seguinte, entre 40 e 49 anos, apresentam a segunda maior taxa de vacinados com a primeira dose que não procuraram a segunda etapa, com 124.766 pessoas, um percentual de 8,8% do público desta idade.

Mais de 470 mil pessoas imunizadas com a primeira dose contra a Covid-19 no Paraná não voltaram para receber a segunda etapa — Foto: Reprodução/RPC

Mais de 470 mil pessoas imunizadas com a primeira dose contra a Covid-19 no Paraná não voltaram para receber a segunda etapa — Foto: Reprodução/RPC

Situação em Curitiba

Com a vacinação dos adolescentes e as doses de reforço sendo aplicadas na capital, o município analisa os percentuais de população adolescente, jovem e adulta para o trabalho de imunização e de apelo para que os moradores procurem se vacinar.

Em Curitiba, 1.401.881 pessoas com 20 anos ou mais tomaram pelo menos uma dose de vacina. Isso corresponde a 96,3% dos 1.455.780 do público dessa faixa etária.

Por outro lado, 53.889 pessoas (3,7% do total) não tomaram a primeira etapa da vacinação.

Proporcionalmente, a maior parte dos não vacinados na cidade está na faixa etária entre os 20 e 24 anos: são 10.432 pessoas, ou 7,01% do total de população dessa idade. Veja as taxas de não vacinados por faixa etária em Curitiba:

  • 20 e 24 anos: 10.432 pessoas não vacinadas (7,01% do público da faixa etária)
  • 35 a 44 anos: 18.705 pessoas não vacinadas (5,95% do total da faixa etária)
  • 25 a 34 anos: 11.471 pessoas não vacinadas (3,72% do total)
  • 45 a 59 anos: 8.255 pessoas não vacinadas (2,21%)
  • 60 a 79 anos: 5.044 pessoas não vacinadas (1,85%).

Os dados mostram que, proporcionalmente, a adesão a pelo menos uma dose de vacina é menor entre os mais jovens, do que entre os mais velhos.

Segunda dose na capital:

A relação é semelhante na comparação entre os números de pessoas que tomaram a primeira dose e voltaram para tomar a segunda.

Entre os idosos o percentual é quase de 100%. Dos 313.623 idosos que tomaram a primeira dose, 313.534 voltaram para tomar a segunda dose. Uma diferença de somente 89 pessoas.

Entre as pessoas de 25 a 34 anos, 29.110 não voltaram para tomar a segunda dose (10,17%). Depois vêm: 35 a 44 anos (16.709 pessoas, ou 6,26%); e 45 a 59 anos (11.021 pessoas, ou 3,06%).

Nesse cálculo não incluí o grupo entre 20 e 24 anos porque quem tomou Astrazeneca como primeira dose nesse grupo pode ainda não ter sido chamado para a segunda.

Assista aos vídeos mais acessados do g1 PR

200 vídeos

Veja mais notícias do estado no g1 Paraná.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*