Carregando...

Rochas são detonadas para aprofundar canal que dá acesso ao Porto de Paranaguá

Rochas são detonadas para aprofundar canal que dá acesso ao Porto de Paranaguá

Rochas são detonadas para aprofundar canal que dá acesso ao Porto de Paranaguá

Uma operação está detonando rochas para aprofundar o Canal da Galheta, que dá acesso ao Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná. Técnicos também estão trabalhando para reduzir a mortalidade de peixes durante os trabalhos.

O diretor de engenharia do Porto de Paranaguá, André Cassanti Neto, disse que a operação visa dar mais segurança à navegação e permitir que navios maiores cheguem ao terminal.

"A gente melhora a eficiência do porto e reduz o custo ao operador", explicou.

A dragagem foi autorizada pelo Ibama. Antes da explosão, mergulhadores fizeram uma varredura na região, enquanto um equipamento liberava bolhas para espantar os cardumes.

A operação chegou a ser suspensa após os técnicos avistarem um grupo de golfinhos na área onde os explosivos seriam detonados.

Equipes ficaram monitorando as espécies aquáticas em um barco. Depois de quase duas horas de operação, os golfinhos deixaram a área. Com isso, os trabalhos foram retomados.

Apesar dos trabalhos, peixes pequenos não resistiram ao impacto e morreram. Os maiores foram resgatados e levados para tendas montadas a cerca de um quilômetro do porto, em uma espécie de Pronto Atendimento.

"A gente tem todo um aporte, um suporte veterinário, para fazer com que o animal volte a ter qualidade de vida para que possa ser solto na natureza novamente", disse o veterinário José Carlos Neto.

Terminal de contêineres do Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná — Foto: Reprodução/RPC

Terminal de contêineres do Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná — Foto: Reprodução/RPC

VÍDEOS: mais assistidos do g1 PR

200 vídeos

Veja mais notícias do estado no g1 Paraná.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*