Carregando...

Confusão entre torcidas é registrada em dia de jogo entre Palmeiras e Coritiba, no Couto Pereira, diz Demafe

Torcedores do Coritiba sofrem com efeito do gás de pimenta — Foto: Robson Mafra/AGIF

Torcedores do Coritiba sofrem com efeito do gás de pimenta — Foto: Robson Mafra/AGIF

Uma confusão entre as torcidas do Coritiba e do Palmeiras foi registrada, neste domingo (12), durante a noite de disputa no Couto Pereira, em Curitiba, segundo a Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe).

Segundo testemunhas, houve briga de torcida do lado de fora do estádio, uso de gás de pimenta e pessoas foram levadas ao hospital.

  • Coritiba x Palmeiras é paralisado por causa do uso de spray de pimenta

De acordo com a transmissão do Premiere, uma briga entre as duas torcidas fora do estádio motivou o uso do spray de pimenta por parte dos policiais.

Os efeitos foram sentidos pelos torcedores e também atletas dos dois times dentro de campo.

Os times jogaram pela série A do Brasileirão. O Palmeiras venceu o Coritiba de 2 a 0.

Segundo o delegado da Demafe, Luis Carlos, pais e crianças aguardavam na delegacia para conseguir sair do estádio em segurança por volta das 20h.

Luis Carlos informou ainda que ambulâncias saíram com pessoas feridas. O número total de vítimas não foi levantado até o momento.

De acordo com a Polícia Militar (PM), por volta das 19h20, uma ocorrência foi registrada com um jovem de 25 anos ferido. A equipe policial atua no local.

Confusão

O árbitro Leandro Vuaden paralisou o segundo tempo da partida por causa da confusão.

Algumas pessoas foram retiradas do setor que recebia a torcida do Coritiba, atrás de um dos gols do estádio. Uma alternativa para facilitar a liberação do espaço foi a saída pelo gramado.

Depois de seis minutos de paralisação, Vuaden autorizou o recomeço da partida.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 Paraná

200 vídeos

Veja mais notícias do estado no g1 Paraná.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*