Carregando...

Casal de idosos é assassinado a pancadas dentro de casa em Paulista; suspeito é preso em flagrante

O homem de 76 anos e a mulher, de 65, foram achados mortos dentro de casa, na Rua 17 — Foto: Reprodução/TV Globo

O homem de 76 anos e a mulher, de 65, foram achados mortos dentro de casa, na Rua 17 — Foto: Reprodução/TV Globo

Um casal de idosos foi morto a pancadas, na manhã desta terça (19), em Jardim Paulista, em Paulista, no Grande Recife. De acordo com a Polícia Civil, o homem de 76 anos e a mulher de 65 anos foram achados mortos dentro de casa, na Rua 17, com cortes provocados por pancadas. O suspeito do crime foi preso pela equipe da 7ª Delegacia Homicídios de Paulista.

  • Compartilhe no WhatsApp
  • Compartilhe no Telegram

De acordo com informações iniciais levantadas por fontes da Polícia Civil, o homem trabalharia para o casal como pedreiro e teria tido discussões com a mulher. O crime aconteceu na cozinha da casa, por onde o autor do assassinato teria entrado e rendido as vítimas.

Por nota, a Polícia Civil disse que a prisão do homem ocorreu poucas horas após o crime, mas não deu detalhes sobre o caso.

Uma equipe do Grupo Especializado de Perícias em Homicídios (GEPH), da Polícia Científica, foi enviada ao local do crime.

De acordo com o perito criminal Ranon Barros, os corpos dos idosos estavam um ao lado do outro e os ferimentos eram todos na cabeça.

"Estava um do lado do outro, com a perna dela por cima da dele. Provavelmente, ele foi assassinado primeiro e depois ela. A quantidade de lesões na cabeça dela era bem maior", observou o perito criminal.

LEIA TAMBÉM:

  • VÍDEO: câmeras de segurança flagram assassinato de homem na Zona Oeste do Recife
  • Homem empresta apartamento a amigo e encontra mulher morta a facadas
  • Número de assassinatos em PE sobe 16,5% nos 3 primeiros meses de 2022

Ranon Barros explicou que as lesões identificadas no corpo do casal podem ter sido provocadas por qualquer tipo de objeto, como pedaços de madeira, de ferro ou pedra. "Lesões corto-contusas ocorrem quando uma pancada corta a pele", detalhou.

Após a realização dos procedimentos legais, os corpos das vítimas foram levados para o Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife.

Violência em Pernambuco

O primeiro trimestre de 2022 teve uma alta de 16,5% no número de assassinatos em relação ao mesmo período de 2021.

A Secretaria de Defesa Social (SDS) informou, na sexta (15), que, entre janeiro e março deste ano, ocorreram 965 homicídios em Pernambuco, enquanto nos três primeiros meses do ano passado houve 828 casos.

Em março deste ano, a violência teve aumento, pelo terceiro mês seguido. No terceiro mês de 2022, foram registrados 346 assassinatos, contra 273, no mesmo período de 2021. Isso significa uma alta de 26,7%.

VÍDEOS: mais vistos de Pernambuco nos últimos 7 dias

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*