Carregando...

Chuvas provocam alagamentos, queda de árvore e muitos transtornos no Grande Recife

Chuva provoca alagamentos no Grande Recife

Chuva provoca alagamentos no Grande Recife

As chuvas que caíram no Grande Recife, na tarde desta quarta (22), provocaram transtornos. Houve alagamentos e o trânsito teve complicações em vários locais. O céu ficou com as nuvens carregadas e ocorreu a queda de uma árvore (veja vídeo acima) .

As chuvas desta quarta foram previstas pela Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac). De manhã, houve transtornos em Olinda, Paulista, Camaragibe e em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana.

Ruas da Ilha do leite, no Recife, ficaram alagadas nesta quarta (22) — Foto: Ana Paula Câmara/WhatsApp

Ruas da Ilha do leite, no Recife, ficaram alagadas nesta quarta (22) — Foto: Ana Paula Câmara/WhatsApp

À tarde, voltou a chover na capital pernambucana. Na Ilha do Leite, na área central da cidade, ruas ficaram alagadas e os carros tiveram dificuldade para trafegar.

No Rosarinho, na Zona Norte, carros passaram no meio da água. Na avenida Agamenon Magalhães, no Derby, na área central, onde o canal quase transbordou. Os carros transitaram com dificuldade.

Avenida Agamenon Magalhães, no Derby, ficou alagada nesta quarta (22), no Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Avenida Agamenon Magalhães, no Derby, ficou alagada nesta quarta (22), no Recife — Foto: Reprodução/WhatsApp

Em Maranguape I, em Paulista, ruas ficaram alagadas. Em Rio Doce, em Olinda, também houve alagamentos.

“A gente mora perto da Avenida México e está tudo alagado. Não passa nem ônibus. A água chegou até a garagem”, afirmou Luiz Eduardo, que mora na rua Verdenas, em Olinda.

Ruas e avenidas também ficaram cheias de água em Ouro Preto, na mesma cidade. Uma árvore caiu no quilômetro 9 da estada de Aldeia, em Camaragibe, no Grande Recife.

No fim de maio e no começo de junho, temporais deixaram 130 mortos no estado. Mais de 40 mil pessoas estavam desalojadas ou desabrigadas até o início da semana.

Acumulado

Na tarde desta quarta, a Apac publicou no site o acumulado de chuvas. Em 12 horas, o maior índice pluviométrico foi registrado em Tamandaré, no Litoral Sul, com, 67,8 milímetros.

Em segundo lugar, ficou Itamaracá, no Grande Recife, com 66,9 milímetros, e Paulista, com 66,1 milímetros. No recife, foram registrados 31, milímetros, em 12 horas.

VÍDEOS: Mais vistos de Pernambuco nos últimos 7 dias

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*