Carregando...

Homem é preso suspeito de estuprar vizinho com deficiência após vídeo chegar à polícia em Teresina

Caso é acompanhado pelo 4º Distrito Policial (4º DP), da Polícia Civil do Piauí, na Zona Sul de Teresina — Foto: Andrê Nascimento/G1

Caso é acompanhado pelo 4º Distrito Policial (4º DP), da Polícia Civil do Piauí, na Zona Sul de Teresina — Foto: Andrê Nascimento/G1

Um homem de 57 anos, que não teve o nome informado pela polícia, foi preso, na manhã desta terça-feira (8), suspeito de estupro de vulnerável, no bairro Lourival Parente, Zona Sul de Teresina. De acordo com a Polícia Civil do Piauí, a vítima é um rapaz de 18 anos com deficiência intelectual e o crime foi descoberto após vídeos da violência terem chegado ao distrito policial da região.

Segundo o 4º Distrito Policial, o jovem foi obrigado a ingerir bebida alcoólica e, possivelmente, usar entorpecentes. Em seguida, ele foi estuprado e o crime foi filmado pelos suspeitos.

Conforme o delegado Andrei Alvarenga, titular do 4º DP, os vídeos foram compartilhados entre vizinhos e acabaram chegando até o distrito policial, que procurou a família do jovem e descobriu a identidade de dois suspeitos, irmãos que moram em frente à casa da vítima.

O delegado pediu a prisão temporária dos suspeitos à Justiça, que foi concedida, e um dos mandados foi cumprido na manhã desta terça. Um dos suspeitos não foi localizado e é considerado foragido da Justiça.

Após a prisão, o suspeito foi ouvido e negou que tenha acontecido o estupro. O homem afirmou à polícia que a situação havia sido consensual e que já havia acontecido outras vezes.

O delegado informou que o jovem negou isso e que as próprias imagens mostram a vítima em estado que demonstra que não havia condições de reação.

"Vemos claramente ele dizendo 'não' várias vezes e mesmo assim os suspeitos continuam. É muito claro isso. Depois que a pessoa fala não é não e pronto, acabou", afirmou Andrei Alvarenga.

Os suspeitos podem responder pelo crime de estupro de vulnerável, pela divulgação das imagens sem autorização da vítima e por terem obrigado o jovem a consumir bebida bebida alcoólica.

Assista aos vídeos mais vistos do G1 Piauí:

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*