Carregando...

Três pessoas são presas suspeitas de participação na morte de adolescente durante 'tribunal do crime' em Teresina

Maria Camila, de 16 anos, foi encontrada morta em Teresina — Foto: Reprodução

Maria Camila, de 16 anos, foi encontrada morta em Teresina — Foto: Reprodução

Mais três pessoas foram presas, nesta quinta-feira (4), suspeitas de participação na morte de Maria Camila Ferreira Silva, de 16 anos. Segundo a delegada Nathália Figueiredo, responsável pelo caso, a investigação apontou que a vítima foi julgada por um 'tribunal do crime' antes de ser morta.

O corpo da adolescente foi encontrado no dia 27 de abril deste ano, em uma região de mata na zona rural Sudeste de Teresina. Ele tinha sinais de violência. A vítima estava desaparecida desde o dia 23 de abril.

  • Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
  • Compartilhe esta notícia pelo Telegram

O caso é investigado pelo Núcleo de Feminicídio do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Em junho, a polícia prendeu três mulheres de cerca de 20 anos suspeitas de envolvimento no assassinato.

"Dando continuidade as investigações, nesta quinta-feira prendemos mais três pessoas que teriam participado da execução da adolescente, em uma espécie de 'tribunal do crime'. Segundo os laudos periciais, a vítima teria sofrido tortura por essas pessoas", afirmou a delegada.

Nesta quinta-feira foram presas quatro pessoas, dois homens e duas mulheres, mas somente três são suspeitas de participar do assassinato de Maria Camila. Um dos homens presos tinha um mandado em aberto por roubo e é companheiro de uma das suspeitas presas.

Ainda conforme a polícia, a motivação do crime pode ter sido causada por rivalidade entre facções criminosas. Segundo a delegada, Camila Ferreira Silva tinha uma tatuagem no corpo ligada à organização criminosa rival dos suspeitos da sua morte.

  • O que se sabe sobre o caso da adolescente encontrada morta em matagal na Zona Sudeste de Teresina

Corpo é encontrado em matagal na Zona Sudeste de Teresina — Foto: Fernando Oliveira/g1 PI

Corpo é encontrado em matagal na Zona Sudeste de Teresina — Foto: Fernando Oliveira/g1 PI

Ao decorrer das investigações, a delegada Nathália disse ao g1 que mais pessoas podem ser presas, outros nomes podem aparecer nas apurações da polícia. Um novo inquérito foi instaurado para investigar a ocultação do corpo.

📲 Confira as últimas notícias do g1 Piauí
📲 Siga o g1 Piauí no Instagram, no Instagram e no Twitter

VÍDEOS: as notícias mais vistas da Rede Clube

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar