Carregando...

Iracemápolis começa a captar água de represa reserva para abastecimento da cidade

Iracemapólis recorre à represa reserva para abastecer população em meio à estiagem

Iracemapólis recorre à represa reserva para abastecer população em meio à estiagem

Iracemápolis (SP) começou a usar a água da represa reserva Iracema para o abastecimento da população. Segundo o Departamento de Água e Esgoto do município, este uso emergencial deveria acontecer a partir do mês de agosto, mas adiantou por causa da estiagem e do alto consumo de água na cidade.

A água da represa Iracema está sendo usada para abastecer a Represa Municipal e também a Represa Boa Vista.

Choveu apenas seis milímetros em Iracemápolis nestes primeiros oito dias de junho e a previsão, segundo o departamento, é de 30 milímetros para todo o mês.

Além do uso da represa reserva, a prefeitura pede à população que economize água neste período de estiagem. O consumo de água em Iracemápolis, destaca o órgão, aumenta em média 5% ao ano alerta que o serviço de água não tem capacidade para tratar mais, por conta da limitação do sistema de tratamento que é antigo, inaugurado em 1958.

Estiagem

O engenheiro do Consórcio PCJ, Flávio Stenio, relata que já se espera um segundo e terceiro trimestre com chuvas abaixo do esperado para a região.

“O mês de abril foi com chuvas 90% abaixo que esperado para região de cabeceiras das Bacias PCJ, enquanto maio encerrou com menos 52% de chuvas esperadas. Isso reflete nos volumes de armazenamento de água no Sistema Cantareira, que está hoje com 47,5% de volume armazenado. O recomendado seria que estivesse com 65% a 70% para que a situação fosse menos crítica no que diz respeito ao armazenamento da região", comenta Stenico.

Represa reserva é utilizada em Iracemápolis a dois meses antes do esperado — Foto: Reprodução

Represa reserva é utilizada em Iracemápolis a dois meses antes do esperado — Foto: Reprodução

Região de Piracicaba: fique por dentro do que acontece nas cidades

40 vídeos

Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*