Carregando...

Blogueiro articulou com Planalto demissões nas Comunicações, mostram mensagens

Conversas de WhatsApp apreendidas pela PF no WhatsApp do blogueiro Allan dos Santos mostram que ele abastecia o Palácio do Planalto com informações especialmente contra o que considerava adversários do governo, como funcionários do alto escalão de ministérios supostamente ligados à esquerda.

As mensagens (veja prints abaixo) mostram que Allan dos Santos também sugeria nomes para o caso desses funcionários serem substituídos, contestava demissões e chegava a defender a intervenção militar.

Um dos principais contatos dele era o Coronel Mauro Cesar Barbosa Cid, ajudante de ordens do presidente. Cid é considerado dentro do Planalto como um dos principais auxiliares de Bolsonaro.

Em 10 de junho de 2020, Allan compartilha informações a Cid recebidas por ele sobre Julio Semeghini, então secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia.

“Importante: quem continua dando as cartas no MCTIC é ligado a China…Julio Semeghini. Secretário-executivo. Ligado ao PSDB. Responsável pelos nomes dos secretários da Setel (telecom) e Serad (rádio e televisão). Trocaram a equipe incompetente da Serad, mas os nomes escolhidos são bons tecnicamente mas restritivamente preocupados com a atender a agenda Julio Semeghini. Outro Julio que afunda o Ministério é o Conjur Jurídico comunista que desde que estou lá inviabilizou todos os projetos que ajudariam a fazer uma agenda positiva ao governo. Assessor especial do ministro e importante elo com a esquerda é Maximiliano. Comunista de carteirinha”.

Print Coronel Cid - parte 3

Sobre Semeghini, Cid responde: “Vai cair….”. Ele deixou o cargo quatro meses depois, em outubro de 2020.

Print Coronel Cid - parte 4

Allan então responde: “Ótimo”. E compartilha um contato de Luciana Maria Monteiro de Lima, dizendo ser “de confiança”.

De acordo com o perfil profissional na rede Linkedin, Luciana é coordenadora-geral da pasta desde janeiro de 2019.

Em mais uma conversa, Allan compartilha notícias sobre a recriação do Ministério das Comunicações, ocorrida em junho de 2020.

Uma das notícias diz que “Entidades divergem sobre recriação do Ministério das Comunicação”.

Outra, com o título “Risco de 5G da Huawei expõe necessidade de maior coesão da aliança Cinco Olhos”, mereceu comentário de Allan:

Print Coronel Cid - parte 5

“Postaram essa. Principal assessora do ministro. Ainda não absorveram o assunto”.
Cid responde: “É para tirar dos chineses”.

Em outra conversa, Allan diz que conversou com Bolsonaro sobre o futuro do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que balançava no cargo.

“Seria um tiro no pé”, diz Allan na mensagem sobre uma possível queda do ministro.

Cid responde:

“Ele está se queimando. E não ajudando a educação. Educação, cultura…não pode cacarejar….”.

Print Coronel Cid - parte 1

Allan responde:

“Ele está se queimando por se aproximar do POVO? E quem faria isso melhor? O povo engole Ramos, Jorge, Levi, Astronauta e Marcelo Alvaro Antonio (LARANJAL), mas o Abraham é um problema? Só o POVO unido às FFAA podem varrer os inúmeros criminosos que hoje mandam no país. Barroso e Alexandre VÃO DAR UM GOLPE no Presidente e acabar com esse país. Sem o braço armado (FFAA), Cid, como defenderei meus filhos?”


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*