Carregando...

Sabatina de Mendonça pode ser resolvida na CCJ, diz Pacheco sobre impasse

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou nesta quarta-feira (13) que acredita que o impasse sobre a sabatina do ex-chefe da Advocacia Geral da União (AGU) André Mendonça, indicado a uma vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), pode ser resolvido na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) ainda nesta semana.

“Confio plenamente que esse impasse pode ser resolvido na CCJ, tal como determina a norma, porque é uma Comissão especializada para uma aferição das qualidades de uma indicação ao STF”, afirmou.

“Acredito muito na solução desse impasse nesta semana para podermos focar em questões importantes do país que precisam soluções mais imediatas”.

O presidente do Senado disse que tem confiança no trabalho do presidente da Comissão, Davi Alcolumbre, na discussão sobre a indicação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao Supremo.

“Tenho plena confiança na capacidade, sabedoria e no exercício pleno das prerrogativas do presidente Davi Alcolumbre, ex-presidente do Senado, que merece nosso respeito, que deu uma grande contribuição ao país no Senado e também dará na CCJ”, avaliou Pacheco.

Mais cedo, o presidente da CCJ, Davi Alcolumbre, disse que não aceitará ser ameaçado para marcar a sabatina de André Mendonça, indicado ao STF.

A nota do senador foi divulgada após a declaração de Bolsonaro à CNN, em que o presidente disse que Alcolumbre não segue a Constituição Federal.

Em atualização.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*