Carregando...

Flávia Arruda minimiza críticas e diz que está de férias

A ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, afirmou à CNN que decidiu tirar férias para passar mais tempo com as filhas e negou que o afastamento tenha relação com o momento conturbado pelo qual ela passa no governo.

“Eu trabalhei Natal e Réveillon direto, até de madrugada. Agora, saí 10 dias para ficar com minhas filhas. Duas meninas pequenas que não veem a mãe”, disse.

A edição do Diário Oficial da União desta sexta-feira traz o afastamento da ministra do cargo para tratar de assuntos particulares, de 14 a 21 de janeiro. Outros ministros também estão de férias. Desde quarta-feira (12), o titular da Casa Civil, Ciro Nogueira, está afastado do cargo por razões pessoais, com retorno previsto para próxima segunda-feira.

Arruda, no entanto, vem passando por críticas de aliados do governo que querem tirá-la do cargo. Já é esperado que Flávia Arruda deixe o posto de ministra, em março, seguindo o calendário eleitoral, para se candidatar nas eleições deste ano. A pressão sobre o Planalto é para que a saída definitiva da ministra ocorra antes.

Na semana passada, o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Netto, saiu em defesa de Flávia. “O grande problema que nós enfrentamos é o seguinte: o pessoal fica muito valente quando o Bolsonaro não está aqui. Bolsonaro estava internado, não seria o momento de nós partirmos para uma discussão pública”, afirmou Costa Neto. Na ocasião, Bolsonaro estava internado, em São Paulo. No dia em que deixou o hospital, o presidente também rebateu às críticas de aliados contra a ministra. “Onde a Flávia Arruda está errando? Desconheço onde esteja errado. Se por ventura estiver errando, como já aconteceu, acontece, né, eu chamo e converso com ela. Ela não será demitida jamais pela imprensa”, afirmou.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*