Carregando...

Lula precisa se assessorar melhor nas questões fiscais, diz ex-ministro da Fazenda

Em um evento em Juiz de Fora (MG), o pré-candidato à Presidência Luiz Inácio Lula da Silva (PT), disse que não haverá teto de gastos em seu governo. Mais tarde, a mensagem foi reproduzida em suas redes sociais.

Em entrevista à CNN, o economista e ex-ministro da Fazenda Mailson da Nóbrega criticou as falas do petista. “Eu diria que [isso] é no mínimo lamentável. O ex-presidente precisa se assessorar melhor nas questões fiscais”, afirmou.

Nóbrega falou que teto de gastos foi uma iniciativa do governo Temer, porque o Brasil vinha numa trajetória suicida de aumento do gasto público em ritmo superior ao crescimento da economia.

“O teto de gastos teve o objetivo de evitar uma tendência explosiva na relação entre a dívida [pública] e o PIB, o que o ex-presidente está falando é que ele vai tirar o teto e vai gastar”, disse.

O ex-ministro disse ainda que se não houver limite [de gastos], os investidores, os analistas, e o mundo todo vai perceber que o Brasil entrará numa trajetória incontrolável de dívida pública.

“E quando isso acontece, a confiança desaparece e o país entra numa situação que os economistas chamam de dominância fiscal”, avaliou.

Veja entrevista na íntegra.

Debate presidencial

CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*