Carregando...

Cão atropelado e 'emitindo sons de dor' é localizado após denúncia e dona acaba autuada em R$ 3 mil

Cachorro não tinha o movimento das patas traseiras e estava sem comida e sem água — Foto: Polícia Ambiental

Cachorro não tinha o movimento das patas traseiras e estava sem comida e sem água — Foto: Polícia Ambiental

Uma mulher de 35 anos foi autuada em R$ 3 mil por não prestar socorro a um cão atropelado. A ocorrência foi registrada nesta quinta-feira (4), no Jardim Nova Planaltina, em Presidente Prudente.

Segundo a Polícia Militar Ambiental, a equipe foi até a residência após uma denúncia. No momento da fiscalização, os policiais encontraram um cachorro que estava no chão. O animal não tinha comida e água disponíveis.

Ainda de acordo com a corporação, o cão havia sido atropelado a alguns dias, estava sem os movimentos das patas traseiras, "cheio de urina e emitindo sons de dor".

A responsável pelo cachorro foi levada para a Delegacia Participativa, onde foi lavrado o auto de infração ambiental no valor de R$ 3 mil por maus tratos a animal doméstico.

A Polícia Ambiental informou que o cão foi levado para uma clínica veterinária, onde recebeu os cuidados necessários e permanece em tratamento. "Assim que estiver recuperado, será destinado ao Centro de Controle de Zoonoses [CCZ] para posterior adoção", explicou a corporação.

Cachorro foi encaminhado para uma clínica veterinária e permanece em tratamento — Foto: Polícia Ambiental

Cachorro foi encaminhado para uma clínica veterinária e permanece em tratamento — Foto: Polícia Ambiental

VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente

200 vídeos

Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*