Carregando...

Prefeitura acha computador escondido em duto de ar-condicionado na Riotur; órgão é investigado no 'QG da Propina' de Crivella

Prefeitura acha computador escondido em duto de ar-condicionado na Riotur

Prefeitura acha computador escondido em duto de ar-condicionado na Riotur

Durante um processo de mudança, funcionários da Cidade das Artes encontraram a CPU de um computador em um duto de ar-condicionado. Eles foram verificar um vazamento durante o processo de transferência de andar da Riotur na semana passada. A CPU é a parte principal da máquina, que guarda dados e informações.

Na gestão de Marcelo Crivella, a Riotur funcionava no quinto andar do prédio. Na mudança, a administração da agência de turismo municipal vai para o quarto andar.

Os funcionários foram investigar um vazamento no teto e encontraram a máquina.

A CPU estava protegida por uma espuma. Os funcionários deixaram a máquina no local onde acharam e acionaram a polícia.

A delegada da Coordenadoria de Investigações de Agentes com Foro da Polícia Civil está indo até o local com a equipe para olhar a máquina no começo desta segunda-feira (11). O duto onde estava a CPU foi mantida isolado.

A CPU foi encontrada em uma sala dos fundos, onde ficava a vice-presidência da Riotur. No mesmo andar funcionava a Presidência do órgão e salas da diretoria. Uma delas era ocupada por Rafael Alves, apontado como operador do chamado “QG da propina”. De acordo com as investigações que levaram à Operação Hades, ele seria o chefe de um esquema de corrupção na Prefeitura do Rio.

VÍDEOS: Os mais vistos do Rio nos últimos 7 dias

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar