Carregando...

Crivella entra na Justiça para reverter rejeição de contas durante sua gestão à frente da Prefeitura do Rio

O ex-prefeito Marcelo Crivella - contas de 2019 e 2020 foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Município. — Foto: Reprodução/ TV Globo

O ex-prefeito Marcelo Crivella - contas de 2019 e 2020 foram rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Município. — Foto: Reprodução/ TV Globo

O ex-prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) entrou na Justiça para tentar reverter a decisão do Tribunal de Contas do Município (TCM) pela rejeição das contas de 2019 e 2020 do ex-prefeito do Rio.

A defesa do ex-prefeito argumenta que o Rio viveu a pior recessão econômica da história na época em que a administração fez todo o esforço possível para manter os serviços públicos.

O principal argumento da defesa, no entanto, foi que a rejeição de contas contou com o parecer do procurador-chefe do TCM, Carlos Henrique Amorim Costa.

Em fevereiro, o RJ1 mostrou que ele se aposentou do cargo de procurador em 2017 - mesmo assim, continua exercendo o cargo que ocupa desde 1983.

Juristas ouvidos pelo RJ1 encontraram irregularidades na situação e o Ministério Público (MP) abriu um processo para investigar. O MP disse que o processo corre em sigilo.

O TCM negou que, à época, houvesse qualquer irregularidade na situação do procurador-chefe, mas ainda não se pronunciou sobre o recurso de Marcelo Crivella.

O recurso do ex-prefeito pede, também, que Carlos Amorim seja afastado imediatamente do cargo e que todas as manifestações dele desde a aposentadoria sejam anuladas.

Vídeos mais vistos no Rio nos últimos 7 dias

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*