Carregando...

Sinalizador foi disparado no mesmo local onde corpo de mulher desaparecida em Angra foi encontrado

A polícia do Rio informou que uma testemunha viu um sinalizador ser disparado como pedido de socorro no mesmo local onde corpo de Cristiane Nogueira foi encontrado neste domingo (29).

"Tivemos uma informação de que, na segunda-feira, por volta das 19h, houve um pedido de socorro na área da Marambaia, Guaratiba. Nós confirmamos essa informação com a pessoa que viu o sinalizador", diz o delegado Vilson Almeida, titular da 166ª DP (Angra).

O corpo de Cristiane foi localizado neste domingo (29), na Restinga da Marambaia, na Zona Oeste do Rio. O casal desapareceu em Angra dos Reis, na Costa Verde, no dia 22 do mês passado, após saírem de barco para passear.

Ainda segundo o delegado, a família recebeu um vídeo do casal na casa onde estavam hospedados. "Estamos analisando esse vídeo para identificar algum indício que ajude a localizar o Leonardo e a embarcação". As buscas pelo corpo do empresário Leonardo Machado continuam nesta quarta (1°).

Casal desaparecido em Angra dos Reis — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Casal desaparecido em Angra dos Reis — Foto: Reprodução/Redes Sociais

A TV Globo apurou que a família de Cristiane reconheceu o corpo pelas tatuagens na perna.

Os dois saíram de barco para ver o pôr do sol na Lagoa Verde, um dos pontos turísticos mais visitados da Ilha Grande, e não foram mais vistos. A polícia acredita que a embarcação afundou.

  • Veja o que se sabe até agora sobre o caso

Guilherme esteve na Restinga da Marambaia— Foto: Reprodução/Redes Sociais

Guilherme esteve na Restinga da Marambaia — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Mais de uma semana de desaparecimento

O casal foi visto pela última vez no domingo (22) enquanto passava o fim de semana junto em uma casa na Praia da Longa, na Ilha Grande, em Angra dos Reis.

Segundo a Polícia Civil, Cristiane Nogueira da Silva, de 48 anos, e Leonardo Machado de Andrade, de 50, tentavam uma reconciliação durante o passeio na cidade.

Mau tempo impossibilitou as buscas— Foto: Reprodução/Redes Sociais

Mau tempo impossibilitou as buscas — Foto: Reprodução/Redes Sociais

A polícia ainda não detalhou se havia mais alguém na embarcação nem a causa da morte de Cristiane.

População pode ajudar com informações

Quem tiver informações que possam ajudar a polícia pode ligar para os telefones 185, número para emergências marítimas e pedidos de auxílio, (24) 3365-3355, diretamente com a delegacia de Angra dos Reis, ou enviar e-mail para [email protected]

Também é possível passar informações através do Disque Denúncia, pelo telefone 0300-253-1177, ou pelo aplicativo “Disque Denúncia RJ”. O anonimato é garantido.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*