Carregando...

Polícia acredita que crimes contra vereadores de Duque de Caxias, RJ, não têm ligação entre eles

Cláudio Castro (primeiro de paletó escuro, à esquerda) recebeu o secretário da Polícia Civil Allan Turnowski (de gravata vermelha) e vereadores para debater assassinato de políticos na Baixada — Foto: Elaine Santos/g1

Cláudio Castro (primeiro de paletó escuro, à esquerda) recebeu o secretário da Polícia Civil Allan Turnowski (de gravata vermelha) e vereadores para debater assassinato de políticos na Baixada — Foto: Elaine Santos/g1

O governador Cláudio Castro recebeu nesta quinta-feira (14), no Palácio Guanabara, um grupo de vereadores de Duque de Caxias para discutir a morte de membros do legislativo no município. O encontro contou ainda com o secretário de Polícia Civil, Allan Turnowski, que disse que a investigação aponta para casos apartados, sem relação entre si.

Em pouco mais de seis meses, três vereadores foram mortos de forma violenta na cidade. O último foi o vereador Sandro do Sindicato, morto na quarta-feira (13).

"Um dos casos já tem até pedido de prisão feito. Um não, dois,  mas houve um recurso judicial e nos pediram mais diligências.  Estou muito otimista em resolver esses casos rapidamente", disse Turnowski durante coletiva de imprensa.

O governador Cláudio Castro disse que a reunião foi solicitada pelo presidente da Câmara de Caxias, Celso da Alba.

"Falei com o vereador,  com o prefeito Washington Reis, e prontamente atendi, juntamente com o secretário Allan, para entendermos esses crimes e se eles estão afrontando a democracia", disse.

O encontro contou com 29 vereadores da Câmara de Duque de Caxias, que formalizaram um compromisso de passar o máximo de informações para a polícia em uma investigação colaborativa.

Veja a sequência de crimes contra os políticos de Caxias nos últimos anos:

13 de outubro

Alexsandro Silva Faria, o Sandro do Sindicato — Foto: Reprodução

Alexsandro Silva Faria, o Sandro do Sindicato — Foto: Reprodução

Alexsandro Silva Faria, o Sandro do Sindicato, foi morto a tiros de fuzil dentro de sua van no bairro Pilar. Ele morreu na hora.

Sandro tinha sido eleito ano passado para o primeiro mandato. Ele recebeu 3.247 votos.

12 de setembro

Joaquim José Quinze Santos Alexandre, o Quinzé (PL), foi assassinado a tiros no limite entre Duque de Caxias e São João de Meriti na noite de domingo (12).

Quinzé era ex-policial militar e tinha 66 anos. Segundo testemunhas, o vereador foi visitar uma conhecida e, ao desembarcar, foi baleado por um homem que estava dentro de um carro branco.

10 de março

Danilo Francisco da Silva (MDB), o Danilo do Mercado, e o filho dele, Gabriel da Silva, de 25 anos, foram encontrados mortos na Praça Jardim Primavera, em Duque de Caxias.

De acordo com a Polícia Civil, Danilo do Mercado era investigado em inquéritos que apuravam mortes, formação de milícia e grupo de extermínio, grilagem de terras, extorsão e ameaça.

Dezembro de 2019

Nivan Almeida (Patriotas) foi sequestrado perto de casa e reapareceu horas depois. Segundo testemunhas, o vereador deixava a garagem de sua casa em seu veículo quando homens o abordaram.

Ele teria sido deixado próximo à escola da qual é dono, de táxi.

Maio de 2018

Alex Rosa, que foi vereador pelo Solidariedade, tirou os filhos de casa depois que um deles foi sequestrado.

Segundo o então vereador, criminosos abordaram o filho no estacionamento da Praça de Saracuruna. Dois homens entraram no carro dele com ele e o obrigaram a levá-los para casa, sempre com uma arma apontada pare ele. Chegando à residência do vereador, renderam a empregada e reviraram tudo.

Ele contou à polícia que a intenção dos suspeitos era matá-lo. O tempo todo os homens diziam para o filho que iriam matar o vereador a mando de “uma pessoa superior a ele” e que Rosa era “arrogante e muito metido”.

Rosa foi preso em janeiro de 2021 em uma operação da Polícia Civil contra o desvio de combustível em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*