Carregando...

Após chuva, jacaré aparece dentro de casa em comunidade no Recreio dos Bandeirantes

Jacaré invade casa no Recreio dos Bandeirantes

Jacaré invade casa no Recreio dos Bandeirantes

Moradores da comunidade 8W, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio, foram surpreendidos com a presença de um jacaré dentro de casa. Quem vive na região - próxima à comunidade do Terreirão - diz que os animais ficavam num terreno que está passando por obras.

Segundo os moradores, o terreno em obras era uma área alagada, onde o esgoto da comunidade era despejado. O aterramento para a construção de um condomínio começou em meados deste ano.

Em nota, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Simplificação informou que o empreendimento está com as licenças em dia.

Mas moradores da comunidade 8W dizem que a construtora responsável pela obra não fez o trabalho de canalização para o escoamento da água da chuva. Com isso, quando chove, além de água é comum aparecerem animais dentro das casas.

"Depois que a Cury começou a construção dos prédios e fechou a saída da água para o valão, as casas começaram a ruir e afunda. Todos os lugares do primeiro andar das casas encheram de esgoto, pois não tem como a água sair. E simplesmente não há um diálogo entre a Cury e os moradores", disse um morador.

Eles contam que depois das últimas chuvas, além dos jacarés, outros animais começaram a entrar nas casas.

"A gente, com criança, e aparece muito bicho. Jacaré, cobra. A situação está muito triste. Tem família sofrendo com água dentro de casa há mais de um mês", disse um morador.

A comunidade 8W não tem saneamento básico e não sabe a quem recorrer para resolver o problema. Os moradores já tiveram reunião com associação de moradores e a subprefeitura, mas nada ainda foi feito.

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente afirmou que a área é o habitat natural do jacaré-do-papo-amarelo, e que em caso de invasão a residências, os moradores devem ligar para o número 1746. O resgate é feito pela Patrulha Ambiental.

A Subprefeitura que atende a região e a Construtora Cury, responsável pelo empreendimento, foram procuradas pela produção do RJ1, mas não responderam até a publicação desta reportagem.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*