Carregando...

Após término da manutenção no sistema Guandu, algumas regiões permanecem sem água no Rio

Manutenção do Guandu acabou, mas moradores de algumas ainda localidades estão sem água

Manutenção do Guandu acabou, mas moradores de algumas ainda localidades estão sem água

Após a manutenção anual na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Guandu, que abastece o Rio de Janeiro e parte da Baixada Fluminense, moradores de algumas regiões da capital fluminense permanecem sem água.

De acordo com a Cedae, a manutenção terminou nesta quinta (25) e a previsão é que o abastecimento seja normalizado em até 72 horas após a conclusão do reparo.

O problema começou quando a Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) começou a reduzir o fornecimento de água às 4h30 da manhã desta quinta-feira (25), 3h30 antes do previsto.

"Começou a faltar água na minha casa nesta quinta-feira (25), por volta de 4h da manhã. Eles disseram que só ia faltar água por volta das 8h. Estamos até agora nessa situação. (...) Se eles tivessem cumprido com o que falaram, nós teríamos nos preparado e enchido alguns baldes com água", contou o Seu Zeca, morador da Tijuca, Zona Norte do Rio.

Em Paquetá, que está no período de transição da Cedae para a Águas do Rio, a falta d'água persiste há cerca de 3 semanas.

"Pia suja, torneira aberta e nada de água. (...) A roupa fica aqui porque eu não tenho como lavar. Sem água no chuveiro", mostrou Ana Késia Maria, moradora da Ilha de Paquetá, em um vídeo enviado ao Bom Dia Rio.

Trata-se de um problema recorrente na tubulação que abastece a Ilha, visto que os ramais de distribuição são de difícil acesso. Portanto, os moradores nunca sabem se serão horas, semanas ou meses sem fornecimento de água.

O que diz a Águas do Rio

A Águas do Rio informou que identificou um vazamento não aparente na rede de distribuição de água em Paquetá. Dessa forma, o abastecimento foi interrompido temporariamente para o reparo. Entretanto, o trabalho já foi concluído e o fornecimento de água está sendo retomado de forma gradativa.

Disse também que as redes de abastecimento de Paquetá são antigas, e que os técnicos da Águas do Rio continuam realizando estudos para melhorar a distribuição de água no local.

O que diz a Cedae

Em relação a manutenção anual na Estação de Tratamento de Água (ETA) do Guandu, a Cedae informou que todos os serviços previstos foram concluídos nesta quinta, e que o sistema já está 100% em operação.

Disse também que os clientes da Cedae podem solicitar carro-pipa pelo número 0800 282 1195.

O presidente da Cedae, Leonardo Soares, também informou que pediu um levantamento para a Águas do Rio para ressarcir possíveis danos materiais aos moradores prejudicados. Entretanto, o levantamento deve demorar aproximadamente 10 dias para ser finalizado.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*