Carregando...

Testemunhas dizem que assaltantes que mataram taxista em São Gonçalo se passaram por passageiros

Taxista é assassinado em São Gonçalo

Taxista é assassinado em São Gonçalo

Testemunhas contaram que os dois criminosos se passaram por passageiros antes de anunciar assalto, atirar e matar o taxista Francisco Moreira da Costa Filho, de 53 anos. O crime ocorreu na tarde de quinta-feira (25), na Rua Osório Costa, no Bairro Colubandê, em São Gonçalo, na Região Metropolitana.

Os assaltantes, que embarcaram no Centro, anunciaram o assalto cerca de três quilômetros depois. Os criminosos conseguiram fugir após atirar em Francisco. Um homem que passava pelo local, encontrou o taxista caído no chão. A vítima chegou a ser levada para o Hospital Estadual Alberto Torres, mas não resistiu e morreu.

Um colega, taxista da mesma cooperativa, lamentou a morte de Francisco. "Vai fazer falta para a mãe dele. Francisco cuidava da mãe, que é cadeirante. Vai fazer falta para a esposa, vai fazer falta para família inteira. Nós somos colegas de trabalho, ficamos muito sentidos. A família vai seguir com o sofrimento. Uma cicatriz que não vai cicatrizar", disse o colega de Francisco.

O corpo do taxista deve ser levado nesta sexta-feira (26), para o IML de Tribobó, em São Gonçalo. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI).


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*