Carregando...

Morte de Breno Silveira: artistas e amigos lamentam; veja a repercussão

Breno SIlveira morre aos 58 anos — Foto: Reprodução/TV Globo

Breno SIlveira morre aos 58 anos — Foto: Reprodução/TV Globo

Amigos e artistas lamentam em redes sociais a morte de Breno Silveira, anunciada neste sábado (14). "Que tristeza essa notícia", postou Armando Babaioff. "Triste com a partida de Breno Silveira. Um cara bacana, talentoso, criativo e parceiro. Muito novo pra nos deixar cheio de planos na cabeça", publicou Helio de la Peña.

Helio de la peña— Foto: Divulgação

Helio de la peña — Foto: Divulgação

Zezé Motta, compartilha em twitter o quanto ficou triste "Um incrível diretor e cineasta que tive o privilégio de trabalhar. Aos 58 anos ele nos deixa, e deixa também trabalhos brilhantes no cinema brasileiro."

O humorista Beto Silva lamenta o ocorrido e diz estar "chocado" com a notícia.

Humorista Beto Silva lamenta morte de Breno Silveira— Foto: Divulgação

Humorista Beto Silva lamenta morte de Breno Silveira — Foto: Divulgação

146

O cineasta se formou pela École Louis Lumière, de Paris, e teve sua primeira experiência como diretor de fotografia no longa “Carlota Joaquina: Princesa do Brasil”, em 1995.

Em 2000, foi diretor de fotografia do filme “Eu Tu Eles”, filme que chegou a ser selecionado para participar da mostra Um Certo Olhar, do Festival de Cannes.

  • PLAYLIST: reveja entrevistas concedidas por Breno Silveira

Cineasta Breno Silveira morre aos 58 anos

Cineasta Breno Silveira morre aos 58 anos

Breno Silveira no set da série 'Dom' — Foto: Divulgação

Breno Silveira no set da série 'Dom' — Foto: Divulgação

Estreia em 'Dois filhos de Francisco'

Em 2005, teve sua estreia como diretor de cinema em “Dois Filhos de Francisco”, o filme mais visto daquele ano, com mais de 5 milhões de espectadores. O longa chegou a obter o posto de maior sucesso do cinema nacional desde a chamada retomada do setor, batendo ''Carandiru'', de Hector Babenco.

A história da dupla de sucesso Zezé Di Camargo e Luciano recebeu mais dez indicações ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, inclusive na categoria de melhor filme. Levou a melhor em quatro categorias.

Outras produções famosas de Breno Silveira são “Gonzaga: de pai para filho” (2012) e "Era uma vez" (2008). Ele também foi produtor associado de "Casseta e Planeta: A taça do mundo é nossa" (2003).

No ano passado, Silveira estreou  "Dom", uma série de ficção inspirada nas invasões de prédios feitas por uma gangue liderada pelo "bandido gato", no Rio de Janeiro. Pedro Machado Lomba Neto, o Pedro Dom, era um jovem de classe média e dependente químico que acabou indo para o crime.

Na época, ele afirmou ao g1 que a ideia da série surgiu depois que o pai de Dom o procurou pedindo que alguém contasse a história do filho por uma outra ótica diferente das páginas de polícia dos jornais da época.

Veja abaixo vídeo da entrevista que Silveira deu ao g1 sobre Dom:

Breno Silveira fala sobre a série ‘Dom’: ‘Cenas mais surreais são as mais verídicas’

Breno Silveira fala sobre a série ‘Dom’: ‘Cenas mais surreais são as mais verídicas’

"Comecei a escutar aquele cara ainda muito transtornado com tudo. A princípio, me pareceu uma história muito pesada para contar, mas percebi que, no fundo, tinha uma história de pai e filho ali. Tinha uma outra camada que não era só o que ele me contava", afirmou Silveira, na época.

Veja a filmografia do cineasta:

  • 1995 – Carlota Joaquina - Diretor de Fotografia
  • 1996 – Barulhinho Bom – Uma Viagem musical - Diretor de Fotografia
  • 1998 - La serva padrona - Diretor de Fotografia
  • 1998 – Traição - Diretor de Fotografia
  • 1999 – Gêmeas - Diretor de Fotografia
  • 2000 - Bufo & Spallanzani - Diretor de Fotografia
  • 2000 – Eu Tu Eles - Diretor de Fotografia
  • 2003 – Casseta & Planeta: A Taça do Mundo é Nossa - Produtor Associado
  • 2003 – O Homem do Ano - Diretor de Fotografia
  • 2005 – 2 Filhos de Francisco – Diretor
  • 2008 – Era uma Vez... – Diretor
  • 2010 - Eu e Meu Guarda Chuva - Produtor de set
  • 2012 – Gonzaga – De Pai para Filho – Diretor
  • 2012 - À Beira do Caminho – Diretor
  • 2017 – Entre Irmãs - Diretor


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*