Carregando...

Desaparecidos na Amazônia: ato no Rio pede urgência na investigação sobre paradeiro de indigenista e jornalista

Amigos de jornalista e indigenista fazem manifestação no Rio

Amigos de jornalista e indigenista fazem manifestação no Rio

Familiares, amigos e manifestantes se reuniram neste domingo (12) para pedir por urgência nas investigações do desaparecimento do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira. Os dois desapareceram há uma semana, no vale do Javari, no Amazonas.

A manifestação começou pouco depois das 9h em frente ao posto 6, na praia de Copacabana, na zona Sul do Rio.

Os dois faziam o trajeto da comunidade ribeirinha São Rafael até a cidade de Atalaia do Norte. As buscas já duram uma semana. A perícia feita em uma embarcação apreendida encontrou vestígios de sangue, segundo o delegado do município de Atalaia do Norte, Alex Perez Timóteo. Nesta sexta-feira (10), as amostras serão analisadas para saber se se trata de sangue humano ou animal.

A embarcação foi usada por Amarildo da Costa de Oliveira, 41, suspeito de envolvimento no desaparecimento da dupla. Na quinta-feira (9), o Tribunal de Justiça do Amazona decretou a prisão temporária por 30 dias de Amarildo, solicitada pela Polícia Civil após investigadores ouvirem testemunhas sobre o caso.

Conhecido como "Pelado", Amarildo, de 41 anos, já está preso desde terça-feira (7), mas por outro motivo. Durante as investigações sobre o sumiço dos dois, as autoridades encontraram com ele uma porção de droga e munição de uso restrito.

Montagem com fotos do indigenista brasileiro Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips — Foto: Divulgação/Funai e Reprodução Twitter/@domphillips

Montagem com fotos do indigenista brasileiro Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips — Foto: Divulgação/Funai e Reprodução Twitter/@domphillips

Suspeito foi preso por envolvimento no desaparecimento de Dom Philips e Bruno Pereira— Foto: Reprodução/TV Globo

Suspeito foi preso por envolvimento no desaparecimento de Dom Philips e Bruno Pereira — Foto: Reprodução/TV Globo


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*