Carregando...

Justiça do Rio decreta novamente prisão do bicheiro Rogério de Andrade  - Notícias - R7 Rio de Janeiro

A Justiça do Rio decretou um novo mandado de prisão preventiva contra o bicheiro Rogério de Andrade nesta quinta-feira (4), horas depois de o filho dele, Gustavo de Andrade, ter sido preso  por agentes da Polícia Federal e do MP-RJ (Ministério Público do Rio).

A decisão é do juiz Bruno Monteiro Rulière, da 1ª Vara Criminal do Rio, que atendeu a um pedido do MP-RJ, após agentes encontrarem documentos que indicam a continuidade de práticas criminosas, além de pagamento de propina a delegacias de polícia. 

Desde o início da manhã, policiais federais e membros do Gaeco (Grupo Especializado de Combate ao Crime Organizado) estão na residência da família em Itaipava, na região serrana, onde Gustavo foi localizado. 

Inicialmente, Rogério não foi preso porque havia uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) da última segunda (1º) que revogava o mandado de prisão contra ele.

Pai e filho eram considerados foragidos desde maio deste ano, após a deflagração da Operação Calígula. Eles são acusados de liderar uma organização criminosa envolvida com jogos de azar no território nacional.

Sobrinho do bicheiro Castor de Andrade, que morreu em 1997, Rogério de Andrade também foi acusado de ser o mandante da morte do ex-genro de Castor, Fernando Iggnácio, em 2020. A família Andrade é envolvida em conflitos por disputa de pontos de contravenção, segundo a polícia. Rogério de Andrante escapou de uma tentativa de assassinato em 2001. Nove anos depois, o filho de 17 anos morreu em um atentado à bomba.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*