Carregando...

Município de Passagem recebe teste do IBGE para realização do Censo 2022 no Rio Grande do Norte

IBGE realiza teste para o Censo 2022 no município de Passagem, no RN — Foto: Divulgação

IBGE realiza teste para o Censo 2022 no município de Passagem, no RN — Foto: Divulgação

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) começou nesta quinta-feira (4) a fase de testes para o Censo Demográfico 2022 no Rio Grande do Norte.

O município de Passagem, distante 69 quilômetros de Natal e localizado na região Agreste potiguar é o único do estado a receber a fase preparatória da maior pesquisa sobre a população brasileira. O teste segue até 7 de dezembro.

De acordo com o IBGE, a principal finalidade é testar os sistemas, equipamentos de informática e abordagem à população, mas o instituto aproveitará a oportunidade para ensaiar outras atividades fundamentais do Censo, como logística e comunicação.

“O município estava com todo o mapeamento organizado. É um município que tem um porte populacional que a gente precisava e o terceiro ponto foi o apoio incondicional da Prefeitura", explicou Damião Ernane de Souza, chefe da Unidade Estadual do IBGE.

A auxiliar de serviços gerais Maria das Dores Marques, de 41 anos, foi uma das primeiras moradores do município a receber a equipe do IBGE em sua casa.

“No momento que vocês vem já é uma importância grande para a nossa cidade. A gente depende dessas informações do IBGE para a nossa cidade crescer”, comentou.

Brasil

Além do Rio Grande do Norte, haverá testes em municípios e localidades em outros 25 estados brasileiros e no Distrito Federal. É a primeira vez na história que o IBGE realiza testes em todas as unidades da federação. A previsão é que o Censo 2022 ocorra entre junho e agosto do próximo ano.

O orçamento para a operação é de R$ 2.292.907.087,00. Com isso, o governo federal cumpre decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que determina a “adoção de medidas administrativas e legislativas necessárias à realização do Censo Demográfico […], inclusive no que se refere à previsão de créditos orçamentários”.

A população poderá responder a pesquisa de três formas:

  • presencialmente
  • pela internet
  • por ligação telefônica ou de celular

Quem responder presencialmente, vai ser entrevistado por recenseadores com máscara, protetor facial e identificados com colete e crachá (impresso e virtual).

Para que serve?

O Censo Demográfico é a única pesquisa que vai a casa de todos os brasileiros. O objetivo é contar a população e coletar dados essenciais sobre educação, condições de moradia, cor ou raça, trabalho e renda e outros temas.

Dessa forma, é possível observar como o perfil da população e as suas necessidades mudam no decorrer do tempo.

Os resultados podem orientar gestores de políticas públicas, guiar a tomada de decisão em negócios e servir de instrumento para o exercício da cidadania.

Além disso, o Censo é fundamental para "calibrar" as amostras das demais pesquisas domiciliares do IBGE, fornecer insumos a institutos de pesquisa independentes e a acadêmicos.

A pesquisa é realizada a cada 10 anos e deveria ter ocorrido em 2020, mas foi adiada por causa da pandemia da Covid-19.

Teste de Passagem em números

  • 5 sistemas testados
  • 10 recenseadores
  • 40 servidores do IBGE no total
  • População: 3.114 habitantes.
  • Área: 41.215 quilômetros quadrados.
  • Produto Interno Bruto (PIB): R$ 32 milhões.

Veja os vídeos mais assistidos no g1 RN

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*