Carregando...

Auxílio-taxista: motoristas de Natal que não receberam benefício protestam em frente à STTU

Condutores protestaram do lado de fora da STTU, na zona Leste de Natal — Foto: Vini Marinho/Inter TV Cabugi

Condutores protestaram do lado de fora da STTU, na zona Leste de Natal — Foto: Vini Marinho/Inter TV Cabugi

Um grupo de taxistas que não receberam o auxílio para a categoria protestou nesta quinta-feira (18) na zona Leste de Natal.

Os motoristas se reuniram em frente à Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) e reclamavam que problemas no cadastro teriam prejudicado o recebimento do benefício, que começou a ser repassado nesta terça-feira (16).

"Muitos taxistas estão regulares, com CNH regularizada e mesmo assim estão tendo problemas. Esse lote era pra ser enviado até o dia 15, pro pessoal receber no dia 16. Esse cadastro não foi enviado", afirma Elissandro Alves, taxista que fez parte do protesto.

LEIA MAIS:

  • Auxílio taxista: quantas parcelas serão pagas? Quando começa? Veja tira dúvidas
  • Auxílio a taxistas poderá ser pago a motoristas que não são os proprietários do alvará

Natal conta com 1.010 táxis cadastrados. O registro da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), responsável pelo cadastramento dos beneficiários na capital, aponta que 517 condutores receberam os primeiros pagamentos.

Em nota, a STTU afirma que está cumprindo os critérios determinados pelo Governo Federal, que fez dos municípios os responsáveis pela centralização de dados cadastrais dos profissionais.

"A pasta reforça que não existe nenhuma intenção de dificultar o cadastro dos taxistas que se enquadrem nos critérios determinados pelo Governo Federal", afirma a STTU.

Benefício

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), têm direito ao benefício donos de concessões e taxistas que atuam como auxiliares. Para receber, o profissional tem de preencher os seguintes requisitos:

  • Estar com CPF e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) regularizados;
  • Ter registro para exercer a profissão, emitido pelo órgão competente da localidade da prestação de serviço até 31 de maio de 2022;
  • Ser motorista de táxi titular de concessão, permissão, licença ou autorização emitida pelo poder público municipal ou distrital em efetivo exercício da atividade profissional,
  • Ser motorista de táxi com autorização emitida pelo poder público municipal ou distrital, em efetivo exercício da atividade.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar