Carregando...

RN confirma primeiro caso de varíola dos macacos em mulher; número de infectados sobe para 31

RN confirma primeiro caso de varíola dos macacos em mulher; número de infectados sobe para 31 — Foto: Imagem de arquivo - JN

RN confirma primeiro caso de varíola dos macacos em mulher; número de infectados sobe para 31 — Foto: Imagem de arquivo - JN

O Rio Grande do Norte confirmou o primeiro caso de varíola dos macacos (Monkeypox) em mulher. Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) deste sábado (3), são quatro mulheres com a doença.

O RN também registrou um aumento no número de casos, chegando a 31 no total - sendo 27 em pessoas do sexo masculino.

LEIA MAIS

  • Varíola dos macacos: ainda é possível parar o surto de monkeypox?
  • Como sintomas da doença mudaram e intrigam médicos

Segundo o documento da Sesap, são 23 casos confirmados em Natal, seis em Parnamirim e dois em Mossoró.

Divididos por idades, são 16 casos no grupo entre 30 e 39 anos; 10 entre 40 e 49 anos; 2 entre 20 e 29 anos; 1 entre 0 e 11 anos; 1 entre 50 e 59 anos; e 1 entre 60 e 69 anos.

No último dia 25, a Sesap lançou um plano de contingência para prevenção e combate à disseminação da doença, com o objetivo de orientar os serviços de saúde do estado sobre as medidas de preparação e resposta.

Três unidades de saúde são apontadas como referência para casos suspeitos e confirmados: o Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, o Hospital Rafael Fernandes, em Mossoró, e o Hospital Maria Alice Fernandes, também em Natal, porém voltado ao público pediátrico (infantil).

Segundo a Sesap, o RN vem monitorando a varíola dos macacos desde o comunicado de risco divulgado pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) nacional em 19 de maio de 2022.

Veja os vídeos mais assistidos no g1 RN

50 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar