Carregando...

Matuê leva o rap e a cultura do skate ao Palco Sunset e faz protesto contra Bolsonaro

Matuê faz protesto contra Bolsonaro — Foto: Marcos Serra Lima/g1

Matuê faz protesto contra Bolsonaro — Foto: Marcos Serra Lima/g1

Minutos antes de o rapper Matuê inaugurar o terceiro dia do Palco Sunset, uma chuva intensa caiu sobre a Cidade do Rock. Mas a intempérie durou poucos minutos, e artista e público entraram na simbiose que já se anunciava antes de o show começar.

Próximo ao fim da apresentação — de pouco menos de uma hora de duração —, Matuê fez um protesto silencioso contra o presidente da República, levantando um skate com a frase “Fora Bozo” durante a canção “Kenny G”.

  • ASSISTA ao terceiro dia do Rock in Rio

Matuê no Palco Sunset — Foto: Marcos Serra Lima/g1

Matuê no Palco Sunset — Foto: Marcos Serra Lima/g1

Acompanhado por uma banda de músicos afiados, Matuê deu início à sequência de hits que, na maioria das vezes, versa sobre superação e relacionamentos da realidade do jovem periférico.

Esse conteúdo é emoldurado por uma forte presença da cultura de skate — não por acaso, vários skatistas fizeram manobras durante a apresentação nas rampas instaladas nas laterais e no fundo do palco.

O público cantou em coro a sequência de canções do artista: “Máquina do tempo”, “Cogulândia”, “Banco”, “Antes”, “Gorila roxo” e “Anos luz”, um dos primeiros sucessos do rapper.

Logo em seguida, ao som de “777X666”, o show chegou ao fim.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar