Carregando...

Bombeiros resgatam famílias e até galinhas isoladas após enchentes no interior de RR

Galinhas isoladas pelas cheias em Amajarí — Foto: Bombeiros/Defesa Civil/Divulgação

Galinhas isoladas pelas cheias em Amajarí — Foto: Bombeiros/Defesa Civil/Divulgação

O Corpo de Bombeiros fez o resgate de famílias, cachorros e até galinhas isoladas pelas enchentes na região próxima ao rio Uraricoera, no município de Amajarí, no Norte de Roraima, informou o governo nessa terça-feira (8).

Roraima enfrenta um período de chuvas intensas e inundações. Nessa segunda-feira (7), o governo chegou a decretar situação de emergência em nove dos 15 municípios, por conta das cheias nos rios.

Conforme o governo, as famílias resgatadas sobrevivem da pesca, do plantio de legumes e verduras, da criação de galinhas e venda de ovos. Algumas delas foram surpreendidas pela cheia do rio, e precisaram de ajuda para recuperar bens após a enchente.

Casa alagada em Amajarí — Foto: Bombeiros/Defesa Civil/Divulgação

Casa alagada em Amajarí — Foto: Bombeiros/Defesa Civil/Divulgação

Em uma das regiões, segundo o governo, moradores precisaram de ajuda para retirar galinhas e galos, que tentava fugir da água após o galinheiro ficar inundado.

Segundo a prefeitura de Amajarí, das 20 famílias que vivem no local, apenas seis foram localizadas. Os demais, segundo os próprios moradores, já tinham deixado as casas durante a madrugada.

Conforme o Corpo de Bombeiros, o nível do rio Uraricoera chegou a subir 34 cm durante uma única forte chuva.

Cachorros resgatados em Amajarí — Foto: Bombeiros/Defesa Civil/Divulgação

Cachorros resgatados em Amajarí — Foto: Bombeiros/Defesa Civil/Divulgação

Previsão de mais chuvas em Roraima

Conforme o governo de Roraima, até o mês de maio deste ano, choveu mais do que o registrado na última cheia do estado, em 2011. À época, o rio Branco transbordou e chegou a cobrir completamente a plataforma mais baixa da Orla Taumanan, no Centro da capital.

A previsão feita pelo Sistema de Proteção da Amazônia (SIPAM) é que, no próximo trimestre, chova acima dos padrões climatológico de Roraima.

Cheias do rio Uraricoera — Foto: Bombeiros/Defesa Civil/Divulgação

Cheias do rio Uraricoera — Foto: Bombeiros/Defesa Civil/Divulgação


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar