Carregando...

Plantão policial tem registro de morte e prisões por porte e posse ilegal de arma em Santarém

Central de Flagrantes da 16ª Seccional de Santarém — Foto: Adonias Silva/G1/Arquivo

Central de Flagrantes da 16ª Seccional de Santarém — Foto: Adonias Silva/G1/Arquivo

Um homem foi encontrado morto em um igarapé no bairro Área Verde, em Santarém, oeste do Pará, na noite do último domingo (15), quando era procurado pela Polícia Militar após pedido de socorro pela esposa da vítima.

A mulher procurou o quartel do 35º BPM na noite de domingo pedindo apoio policial para entrar em sua residência. Ela relatou aos policiais que durante o dia teve um desentendimento com o marido Jarlisson Félix da Silva e por isso decidiu passar o dia fora de casa. À noite, quando retornou, teria sido impedida pelo marido de entrar em casa.

A polícia foi até o local, mas não encontrou Jarlisson em casa. Vizinhos informaram à polícia que o homem havia passado correndo pela rua pouco tempo antes, em direção ao bairro Área Verde. A polícia seguiu na direção indicada e já encontrou Jarlisson morto, dentro do igarapé, com uma marca na base do pescoço.

Populares das proximidades suspeitam que o homem tenha caído de um barranco quando tentava fugir, temendo ser preso.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e esteve no local onde constatou o óbito de Jarlisson, que era conhecido como Nicolau.

A Polícia Civil foi comunicada e o delegado plantonista Gustavo Ceccagno solicitou a remoção do corpo, assim como, perícias para elucidar as causas da morte.

Porte e posse ilegal de arma

Também no domingo, o segurança de um bar que funciona no Maracanã, e um cliente foram presos por porte e posse ilegal de arma.

Diego Oliveira, o segurança, e Osmar Júnior Ribeiro, o cliente, foram presos após denúncia anônima.

De acordo com boletim de ocorrência, ao revistar Osmar, Diego percebeu que o cliente estava armado e informou que ele não poderia entrar no estabelecimento. O cliente então, pediu que Diego guardasse a arma pra ele. O segurança concordou.

A arma, uma pistola 765 é de uso restrito e estava coma numeração raspada, por esse motivo, não foi arbitrada fiança para os dois e eles foram conduzidos à penitenciária Silvio hall de Moura.

Já na manhã de segunda (16), quatro homens foram apresentados na Seccional de Polícia Civil por uma guarnição da Polícia Rodoviária Estadual por porte ilegal de arma.

Eles estavam no km 50 da PA-370 em três motocicleta quando o pneu de uma delas estourou. Os homens pararam para fazer o conserto do pneu, quando uma viatura da PRE chegou ao local e percebeu que eles portavam quatro espingardas e um revólver de fabricação artesanal, além de munições.

Os homens foram conduzidos a 16ª Seccional de Polícia Civil, onde foi arbitrada fiança e após o pagamento eles foram liberados.

VÍDEOS: Mais vistos do G1 Santarém e Região

162 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*