Carregando...

Mais de 17 mil pessoas não voltaram para tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 na Baixada Santista

Em São Vicente, 5.850 pessoas não retornaram para tomar a segunda dose da vacina — Foto: Divulgação/Prefeitura de São Vicente

Em São Vicente, 5.850 pessoas não retornaram para tomar a segunda dose da vacina — Foto: Divulgação/Prefeitura de São Vicente

Mais de 17 mil pessoas que tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19 não retornaram para tomar a segunda dose do imunizante após o intervalo recomendado na Baixada Santista, no litoral de São Paulo. São mais de 6 mil pessoas apenas em Santos, cidade com o maior número de faltosos.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Santos, há 6.444 mil pessoas que tomaram a primeira dose de vacina contra a Covid-19 e não retornaram para tomar a segunda dose após o intervalo preconizado pelo fabricante, sendo 28 dias para CoronaVac (Butantan) e três meses para Oxford/AstraZeneca (Fiocruz). A Secretaria segue realizando busca ativa dos faltosos por telefone e, quando necessário, pessoalmente com visita domiciliar.

A Prefeitura de São Vicente, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), informou que conforme o último balanço realizado, 5.850 pessoas não retornaram para tomar a segunda dose da vacina. São 417 pessoas com 90 anos, 605 pessoas entre 80 e 84 anos, 2.490 com idade entre 72 e 74 anos, 520 com idade entre 69 e 71 anos e 1.818 pessoas que não completaram a imunização e tem 68 anos

Os profissionais de Saúde das unidades conseguem o contato dos faltosos e estão comunicando as essas pessoas a necessidade da aplicação da segunda dose. Além disso, a cidade segue com as campanhas de conscientização.

A Prefeitura de Guarujá informou que há cerca de 3.900 pessoas cujo prazo para tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19 já ultrapassou a quantidade de dias indicados até esta segunda-feira (7).

A Secretaria Municipal de Saúde de Peruíbe informou que 189 pessoas tomaram a primeira dose, mas não voltaram para tomar a segunda. Os profissionais de saúde estão acionando os faltosos por telefone.

A Secretaria de Saúde de Bertioga informou que 52 pessoas não compareceram aos postos de vacinação na data estimada para receber a segunda dose do imunizante contra a Covid-19. Uma equipe da Secretaria está convocando por telefone os munícipes faltosos.

A Secretaria de Saúde de Itanhaém tem convocado por telefone, e-mail ou WhatsApp todas as pessoas que já estão dentro do prazo limite para receber a segunda dose. São 182 pessoas com 90 ou mais, 76 pessoas que ainda não tomaram a segunda dose entre 80 a 89 anos, 1173 pessoas entre 70 e 79 anos. No último sábado, em que a cidade realizou o 'Dia D' da vacinação, apenas 88 pessoas compareceram para a segunda dose.

A Prefeitura de Cubatão informou que 90% das pessoas que tomaram a primeira dose tomaram também a segunda dose na cidade. Dessa diferença, há pessoas que não voltaram e outras que ainda esperam o prazo.

Em Mongaguá, a prefeitura disse que a aplicação da segunda dose das vacinas está sob controle. As Unidades Básicas de Saúde (UBS) atendem todo o público que está dentro do período correto para a vacinação.

Já a Prefeitura de Praia Grande disse que tem um público diferenciado em relação à vacinação já que muitos são de São Paulo ou outras cidades e acabam tomando uma dose na cidade por terem comprovante de residência e a segunda dose em sua cidade de origem. Por isso, não há como ter um controle exato daqueles que ainda não foram vacinados com a segunda dose.

VÍDEOS: Mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*