Carregando...

Polícia Ambiental resgata mais de 20 aves silvestres de cativeiro no litoral de SP

Policiais Militares Ambientais apreenderam aves silvestres mantidas ilegalmente em cativeiro nesta terça0feira (14) — Foto: PM Ambiental

Policiais Militares Ambientais apreenderam aves silvestres mantidas ilegalmente em cativeiro nesta terça0feira (14) — Foto: PM Ambiental

A Polícia Militar Ambiental flagrou, nesta terça-feira (14), um homem capturando aves silvestres ilegalmente em frente à sua residência, em Peruíbe, no litoral paulista. Na ação, os agentes policiais entraram na casa do suspeito, onde localizaram mais de 20 aves mantidas em cativeiro, que pertenciam a ele e ao cunhado. Ambos foram multados.

Segundo a polícia, agentes foram para o bairro Jardim Ribamar após receberem denúncia anônima sobre captura de pássaros silvestres. No local, a equipe encontrou o suspeito preparando uma armadilha para atrair pássaros. Ele confessou a prática e autorizou que os agentes entrassem em sua residência para conferir os demais animais.

No local, os agentes encontraram mais cinco aves. Perguntado se possuía autorização para mantê-las em cativeiro, o suspeito negou. Em continuação à vistoria, foram localizadas mais 18 aves silvestres. O homem, entretanto, disse que estas eram de seu cunhado, que se apresentou no local e confessou ser proprietário dos animais, também sem autorização.

O primeiro suspeito, por ter sido flagrado capturando pássaros silvestres, foi conduzido pela polícia ao 1° DP de Peruíbe, onde foi feito o registro de boletim de ocorrência. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo, o homem foi liberado após assinar um termo de compromisso para se apresentar ao Juizado Especial Criminal (Jecrim) e terem sido geradas multa de R$ 3 mil pela posse dos animais e de R$ 500 por ter sido visto no ato de captura de animais silvestres sem possuir autorização.

De acordo com a PM Ambiental, o cunhado do então suspeito não foi conduzido à delegacia, mas recebeu multa no valor de R$ 14 mil por manter em cativeiro 18 aves silvestres sem autorização. A pasta ainda informa que um dos pássaros mantidos em cativeiro, conhecido como pixoxó, é da espécie Sporophila frontalis, que está na lista de animais ameaçados de extinção.

A polícia informou ao G1 que soltou os animais apreendidos ainda na terça-feira (14), em local propício e natural, devido ao estado de nervosismo dos animais.

Policial militar ambiental devolve aves silvestres mantidas em cativeiro nesta terça-feira (14) — Foto: Polícia Militar Ambiental

Policial militar ambiental devolve aves silvestres mantidas em cativeiro nesta terça-feira (14) — Foto: Polícia Militar Ambiental

VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar