Carregando...

Clínica de Ozonioterapia em Santos auxilia no tratamento e assepsia de pele

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em nota publicada no site do governo federal, Ministério da Saúde, em 10 de junho deste ano, as indicações aprovadas no uso da Ozonioterapia podem ser no tratameto dos quadros inflamatórios/infecciosos; auxílio no processo de recuperação tecidual; estética, auxílio à limpeza e assepsia de pele.

Em Santos, litoral de São Paulo, a clínica da Dra. Amanda Vieira, profissional habilitada na aplicação de ozonioterapia e terapia neural, atende semanalmente 200 pacientes. “Essa técnica é a mistura do gás medicinal O2 em contato com a corrente elétrica geradora de ozônio, formando três moléculas de oxigênio, que tem a função de inibir, estimular e imunodeprimir o organismo”.

A especialista conta que a ozonioterapia tem ajudado os pacientes a restabelecer a saúde preventivamente, auxiliando na condição estética e alcançando resultados benéficos facial e corporal global. Isso não impede de que o paciente deixe de se tratar com seus médicos clínicos.

A auxiliar de enfermagem Aline Tobias, que trata as olheiras na clínica da Dra. Amanda desde maio deste ano conta que tinha olheiras bem profundas que foram atenuadas por completo.

Essa técnica, de acordo com Vieira, renova a pele e, por ser dez vezes mais solúvel que o oxigênio, o ozônio gera uma resposta antioxidante no organismo. Essa reação, por sua vez, descarta as células antigas, regenera tecidos e faz a modulação imunológica, tendo um efeito regenerador.

Quando a administração do ozônio é feita pela via cutânea (diretamente na pele) ou tópica, conta com a ação de ativar a circulação periférica e microcirculação e isso resulta em uma oxigenação dos tecidos, além de estimular os glóbulos vermelhos, melhorando a aparência da pele.

A ozonioterapia pode trazer benefícios como amenizar rugas e linhas de expressão; combater a acne e a queda capilar; iluminar e uniformizar o tom da pele; previnir o envelhecimento precoce; reduzir olheiras escuras e profundas; rejuvenescer a face; tratar a papada e a flacidez da pele.

Aplicação de ozônio na área das olheiras — Foto: Robortela Publicidade

Aplicação de ozônio na área das olheiras — Foto: Robortela Publicidade

Vieira explica que o ozônio é um grande agente anti-inflamatório que diminui o estresse oxidativo e inflamação do corpo. “Ele possui propriedades terapêuticas e, por isso, tem sido apontado como o padrão ouro em procedimentos estéticos. Como ele elimina toxinas, isso acelera o processo de emagrecimento, além de atuar como destruidor das células de gordura e modulador hormonal”.

É o caso da Márcia Cristina Moraes, paciente da Dra. Amanda Vieira desde fevereiro, que emagreceu 08 quilos após 10 sessões, reduzindo a circunferência abdominal, o que resultou na perda de dois manequins do uso da sua calça.

Além disso, ela explica que o efeito direto das injeções para emagrecer com Ozonioterapia é a fissão imediata da gordura, a maior oxigenação celular e a eliminação completa de toxinas nocivas para o corpo, como os radicais livres.

Para que os resultados possam ser percebidos são recomendadas de 5 a 10 consultas. Os benefícios que podem ser alcançados são: queima da gordura subcutânea; diminuição significativa do inchaço; melhor elasticidade e firmeza da pele; oxidação dos lipídios; redução de medidas nas coxas, cinturas e outras regiões com maior acúmulo de gordura; melhora do fluxo sanguíneo e dos líquidos nas células da derme e eliminação de celulite.

Importante: No dia do tratamento com ozonioterapia é recomendável que o paciente não ingira vitamina C.

Ainda na parte estética, a especialista comenta que o ozônio trata gorduras localizadas, celulites, estrias, foliculites, linhas de espressão, flacidez, papada, olheira, rejuvenecimento facial.

Dra Amanda Vieira (CREFITO Nº 14921) atende também crianças, idosos e esportistas, que estejam se tratando com especialistas, como ortopedistas, onde o idoso, por exemplo, tenha dores nas articulações, a ozonioterapia surge como tratamento complementar. “Gestantes, nos três primeiros meses, pessoas alérgicas a grãos (lentilha, amêndoa ou feijão), com próteses metálicas, HIV tardio e eplepsia não podem fazer uso do ozônio”, explica a especialista.

Dúvidas e agendamento de avaliação pelo WhatsApp da Clínica (13) 99758-7865.

O consultório está localizado em Santos, no Edifício The Blue Santos, na Avenida Senador Feijó, 686 – sala 1022 – Vila Mathias.
O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h.

Redes sociais

Facebook: Dra. Amanda Vieira Ozonioterapia
Instagram: @draamandavieira_

www.draamandavieira.com.br


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar