Carregando...

Após adiar envio, Butantan prevê finalizar entrega de doses da CoronaVac ao governo federal até 15 de setembro

Butantan libera maior lote de vacinas ao governo federal — Foto: Reprodução/TV Globo

Butantan libera maior lote de vacinas ao governo federal — Foto: Reprodução/TV Globo

O Instituto Butantan prevê concluir a entrega das 100 milhões de doses ao governo federal até o dia 15 de setembro.

"O Instituto Butantan reitera que irá concluir, antes do prazo estipulado em contrato, a entrega das 100 milhões de doses da vacina CoronaVac ao Ministério da Saúde. A segunda leva de 54 milhões de imunizantes deve chegar ao Programa Nacional de Imunização (PNI) até a primeira quinzena de setembro", disse, em nota, o Instituto ao G1.

O prazo final para o Butantan fornecer ao governo federal esse montante é 30 de setembro, mas o instituto tinha sustentado, até a semana passada, a promessa de que a entrega seria concluída no dia 31 de agosto. O primeiro contrato, de 46 milhões de doses, foi concluído em 12 de maio.

Entretanto, em coletiva de imprensa na última segunda-feira (30), após acompanhar a liberação do lote de 10 milhões de doses, o diretor do Instituto, Dimas Covas, admitiu a mudança de planos e informou que a conclusão da entrega seria adiada.

"Nós estamos reprogramando as entregas em virtude de dois fatos. O primeiro fato foi a própria manifestação do Ministério [da Saúde], que excluiu a vacina como sendo a vacina para a terceira dose. Então, isso muda um pouco a programação. Nós estamos reprogramando porque nós temos outros contratos a serem atendidos, outros estados, outros países, então nós estamos reprogramando, não vamos realizar as entregas das 54 milhões", disse Dimas Covas no início da semana.

Com a última remessa ao governo federal, o Butantan completou o repasse de 92,8 milhões de doses.

As vacinas enviadas fazem parte do segundo contrato firmado com o Ministério da Saúde, de 54 milhões de doses do imunizante.

O primeiro contrato, de 46 milhões de doses, foi concluído em 12 de maio.

Dimas Covas, diretor do Butantan, em coletiva de imprensa nesta segunda (30) — Foto: Reprodução/TV Globo

Dimas Covas, diretor do Butantan, em coletiva de imprensa nesta segunda (30) — Foto: Reprodução/TV Globo

Estados e América Latina

Após o término do contrato com o governo federal, o Butantan estará apto a fazer entrega de vacinas para estados e municípios que queiram adquirir o imunizante para completar o seu programa de imunização.

O Instituto diz que negocia com outros estados, além de países da América Latina e que há mais de 10 milhões de doses em produção.

"O Butantan iniciou tratativas para atender demandas de outros estados brasileiros, como Ceará e Espírito Santos e iniciará a distribuição somente após a finalização do contrato com o PNI. No momento, há 13 milhões de doses em processamento no Instituto."

  • Variante delta ganha força e causa endurecimento das restrições pelo mundo

Veja abaixo as entregas de doses do Butantan ao Ministério da Saúde:

  • Janeiro: 8,7 milhões
  • Fevereiro: 4,583 milhões
  • Março: 22,7 milhões
  • 5 de abril : 1 milhão
  • 7 de abril : 1 milhão
  • 12 de abril : 1,5 milhão
  • 14 de abril: 1 milhão
  • 19 de abril: 700 mil
  • 22 de abril: 180 mil
  • 30 de abril: 420 mil
  • 6 de maio: 1 milhão
  • 10 de maio: 2 milhões
  • 12 de maio: 1 milhão - totalizando as 46 milhões do primeiro contrato
  • 14 de maio: 1,1 milhão
  • 11 de junho: 800 mil
  • 14 de junho: 1 milhão
  • 16 de junho: 1 milhão
  • 18 de junho: 2,2 milhões
  • 5 de julho: 937 mil
  • 14 de julho: 800 mil
  • 15 de julho: 200 mil
  • 16 de julho: 1 milhão
  • 19 de julho: 1 milhão
  • 21 de julho: 1,5 milhão
  • 23 de julho: 1 milhão
  • 28 de julho: 1,5 milhão
  • 30 de julho: 1,2 milhão
  • 4 de agosto: 2 milhões
  • 9 de agosto: 2 milhões
  • 11 de agosto: 2 milhões
  • 16 de agosto: 4 milhões
  • 18 de agosto: 2 milhões
  • 23 de agosto: 4 milhões
  • 25 de agosto: 4 milhões
  • 30 de agosto: 10 milhões

VÍDEOS: Veja mais sobre SP e Região Metropolitana

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*