Carregando...

Polícia faz operação contra grupo que se passava por gerente de banco em ligações e conseguia transferências

Viaturas da Polícia Civil de São Paulo. — Foto: Secom/GESP

Viaturas da Polícia Civil de São Paulo. — Foto: Secom/GESP

Policiais da Divisão de Crimes Cibernéticos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) cumpriram 15 mandados de busca e apreensão contra um grupo que realizava golpes em clientes de bancos, principalmente idosos. Três pessoas foram presas e os celulares apreendidos.

A operação foi deflagrada às 5h desta quinta-feira (4). As buscas ocorreram na capital, Grande SP e interior paulista.

  • Motorista de app deixa cativeiro em SP após gravar sequestro e mandar áudio para o namorado

De acordo com a polícia, as investigações apontaram que os bandidos ligavam para as vítimas se passando por gerente do banco e as convenciam para realizar transferências bancárias via PIX.

Os criminosos diziam que estavam realizando um teste no sistema do banco e pediam para que os clientes fizessem a transferência, alegando que na sequência a operação seria desfeita.

O caso que gerou a operação ocorreu no dia 14 de maio deste ano. Os bandidos conseguiram convencer uma idosa de 71 anos a transferir R$ 49 mil.

O delegado Carlos Ruiz, da DCICIBER e responsável pela investigação, orienta os clientes bancários sobre ligações suspeitas.

“Sempre que receber ligações de pessoas se intitulando gerente do banco tomar cuidado. Prefira ligar para seu gerente ou mesmo para o SAC do Banco. Nunca fazer qualquer transferência ou PIX a título de teste.

VÍDEOS: Tudo sobre São Paulo e região metropolitana

200 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Calendar