Carregando...

Polícia faz operação em SP contra empresa suspeita de aplicar golpe da pirâmide financeira em quase 4 mil pessoas

A Polícia Civil de São Paulo realizou, na manhã desta quinta-feira (18), uma operação contra uma empresa acusada de aplicar o golpe da pirâmide financeira em quase 4 mil pessoas.

Os criminosos ofereciam falsas propostas de retorno financeiro para investimentos acima da média.

  • Veja como funciona um esquema de pirâmide
  • Golpe já vitimou Juliana Paes, Murilo Rosa e outros famosos
  • Saiba como evitar cair em 'pirâmides' e outros golpes financeiros

As buscas foram realizadas em endereços de residências e empresas de suspeitos de fazer parte do esquema criminoso.

Ao todo, 19 pessoas foram alvos da operação nas cidades de Osasco, Itapevi, Cotia, Barueri e Sorocaba.

A Justiça determinou o sequestro de bens dos envolvidos que deve somar mais de R$ 700 milhões. Também foram apreendidos carros de luxo e motos.

A investigação apura os crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa, estelionato, falsidade ideológica e crimes contra economia popular e contra o consumidor.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar