Carregando...

Médico morto em frente ao filho na zona oeste de SP teria se rendido e dito para suspeitos 'levarem tudo'  - Notícias - R7 São Paulo

O médico Ronaldo Vidal, de 54 anos, morto após uma tentativa de assalto no Alto de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo, na sexta-feira (2), teria se rendido e dito aos suspeitos 'para levarem tudo'. Segundo o boletim de ocorrência, o cunhado Cláudio Said e os policiais militares afirmam que o médico se rendeu e mesmo assim os homens dispararam. A polícia investiga o caso para encontrar os suspeitos.

No momento dos disparos, o filho da vítima Victor Said Vidal se abaixou e acabou sobrevivendo ao assalto. "As narrativas são uniformes no sentido de que houve o anúncio ao assalto e que a vítima se rendeu, mas por motivos ignorados um dos assaltantes efetuou um disparo", diz o documento.

De acordo com o boletim de ocorrência, os fatos ocorreram por volta das 22h24. A região em que o assalto ocorreu é, segundo a polícia, predominantemente residencial. O veículo do médico era um Mitsubishi ASX de cor prata.

De acordo com a Polícia Militar, o homem voltava para casa acompanhado do filho de 13 anos no carro quando parou no farol vermelho em um cruzamento. Após parar, dois suspeitos em uma motocicleta se aproximaram e anunciaram o assalto.

Depois da abordagem, as portas do veículo do lado do motorista e traseiras estavam abertas e com os vidros abaixados. A porta do passageiro estava fechada com o vidro quebrado. A polícia apreendeu o o celular do médico no carro. 

Segundo as primeiras informações, a vítima teria feito menção de reagir e foi atingido por disparos feitos pelos assaltantes. Após os tiros, a dupla fugiu na moto e ainda não foi localizada. Imagens de câmeras de segurança mostraram o momento da fuga.

O corpo da vítima tinha dois ferimentos. O cunhado da vítima, Cláudio Said, informou desconhecer a existência de inimigos ou desafetos de Ronaldo. O local foi preservado para a chegada da perícia, que começou os primeiros trabalhos de investigação. Testemunhas serão ouvidas e eventuais novas imagens de câmeras de segurança, que possam ajudar a elucidar o crime, serão analisadas.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar