Carregando...

Tataraneta de José Bonifácio revela itens pessoais da família; conheça a história do distrito de SP com nome do Patriarca da Independência

Graziela Andrada, tataraneta de José Bonifácio, que éconsiderado o Patriarca da Independência do Brasil.— Foto: Reprodução/TV Globo

Graziela Andrada, tataraneta de José Bonifácio, que é considerado o Patriarca da Independência do Brasil. — Foto: Reprodução/TV Globo

Um dos nomes mais importantes da Independência do Brasil foi José Bonifácio, considerado o Patriarca da Independência, que era paulista nascido em Santos e na capital paulista há diversas homenagens e referências a ele. Há duas estações em referência a ele (José Bonifácio, da CPTM, e Patriarca, do Metrô), a Prefeitura fica na Praça do Patriarca e existem estátuas que o homenageiam na própria praça e também na zona norte, onde ele morou.

O Antena Paulista conversou com a Graziela Andrada, tataraneta de José Bonifácio que guarda objetos pessoais guardados por gerações pela família desse ícone histórico.

Tataraneta de José Bonifácio revela itens pessoais do Patriarca da Independência

Tataraneta de José Bonifácio revela itens pessoais do Patriarca da Independência

Da geração da família Andrada, sobrenome de José Bonifácio, Graziela exibe com orgulho fotos, selos, cartas, livros deixados pelo tataravô, legado que vai muito além de pertences.

“Porque foi uma pessoa que viajou o mundo inteiro, estudou, falava seis línguas fluente, escrevia em 11, mas porque ele estudava. Esse é o maior patrimônio que a pessoa pode ter, que é o seu estudo”, conta Graziela Andrada.

José Bonifácio de Andrada e Silva era um dos principais homens de confiança de Dom Pedro I. Foi um dos líderes que incentivaram a separação do Brasil de Portugal e foi fundamental na decisão tomada por Dom Pedro no Dia do Grito da Independência do Brasil em 1822.

Relíquia de José Bonifácio, guardada pela tataraneta Graziela Andrada. — Foto: Reprodução/TV Globo

Relíquia de José Bonifácio, guardada pela tataraneta Graziela Andrada. — Foto: Reprodução/TV Globo

Ele ainda assumiu lutas importantes na época do Império, pelo fim gradual da escravidão, pela civilização dos povos indígenas e pela criação de escolas de ensino técnico.

Bonifácio era geólogo, era a favor da reforma agrária e defendia a preservação do meio ambiente. A tataraneta, Graziela Andrada, herdou objetos dele no período do Império como a prataria, candelabros, faqueiro, garfo com colher, abafador, jarra, bacia, cadeiras, poltronas, opalinas (uma espécie de vasos franceses decorativos), uma pedra que pertenceu a ele e até uma insígnia da Igreja Católica de uso pessoal.

José Bonifácio, o Patriarca da Independência do Brasil.— Foto: Reprodução/TV Globo

José Bonifácio, o Patriarca da Independência do Brasil. — Foto: Reprodução/TV Globo

Distrito da Zona Leste com nome de Bonifácio

Na Zona Leste de São Paulo, um distrito populoso com mais de 125 mil moradores também az homenagem ao Patriarca da Independência. Criado entre 1979 e 1985, o distrito de Conjunto José Bonifácio nasceu como uma Cohab para a população de baixa renda que morava na região de Itaquera. Hoje em dia o distrito agrupa 19 bairros, escolas, comércio e uma praça que é considerada o coração desse lugar: a Praça Brasil (oficialmente Praça Mãe Menininha do Gantois).

O Antena Paulista foi até o bairro, conversou com os moradores mais antigos e mostrou o movimento dos moradores nas aulas de zumba na Praça Brasil (assista no vídeo abaixo).

Cohab José Bonifácio, na Zona Leste, nasceu como homenagem ao Patriarca da Independência

Cohab José Bonifácio, na Zona Leste, nasceu como homenagem ao Patriarca da Independência

Graziela Andrada, tataraneta de Bonifácio, diz que tem tudo a ver essa referência justamente em um bairro popular:

“Eu acredito que essa vibração, até do nome e da energia de José Bonifácio, possa estar inspirando esse povo que está nessa comunidade e que esteja ajudando a vibrar nessa energia de independência. Bonifácio é povo, né? Pra mim ele é povo. É uma pessoa que é ligada no povo dele tanto que eu comentei da frase que eu acho linda, que tem o panteão dos Andradas, que fica em Santos, pra visitação também ao público, e tem algumas frases que ele falava que é ‘Povo e pátria’”.

A Cohab José Bonifácio, na Zona Leste, construída na época da Ditadura Militar para moradores de baixa renda. — Foto: Reprodução/TV Globo

A Cohab José Bonifácio, na Zona Leste, construída na época da Ditadura Militar para moradores de baixa renda. — Foto: Reprodução/TV Globo

Veja mais vídeos do Antena Paulista deste domingo (4)

3 vídeos


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*

Últimas notícias








Calendar