Carregando...

Quinto suspeito de participar de assassinato do ganhador da Mega-Sena é preso em São Paulo - Notícias - R7 São Paulo

O quinto homem suspeito de ter participado na morte do ganhador da Mega-Sena Lucas Alves Dias, de 55 anos, no dia 14 de setembro, em Hortolândia, no interior de São Paulo, foi preso na manhã desta sexta-feira (14). Ele foi identificado como Marcos Vinicyus de Oliveira, de 22 anos, e estava foragido desde o dia 17 de setembro.

De acordo com a delegada Juliana Ricci, responsável pelo caso, o homem, conhecido como Vini, teria levado os demais suspeitos até uma agência bancária, após sequestrar a vítima. No local, o grupo teria sacado R$ 2.000 e habilitado o uso do Pix em aplicativo no celular.

Outros quatro suspeitos de participar do crime foram presos anteriormente. São eles: Rogério Spínola, Rebeca e Roberto Jeferson da Silva. O quarto suspeito não teve o nome revelado.

Lucas Alves voltava da padaria quando foi abordado pelos suspeitos. Ele havia recebido R$ 47 milhões em 2020, ao ser premiado em um concurso da Mega-Sena.

A investigação mostra que três dos suspeitos participaram da ação e usaram dois carros, um Fiesta preto e uma Chevrolet S10 prata. Vini teria usado o carro para o sequestro da vítima, além de ter levado o grupo até uma agência bancária. 


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*