Carregando...

Anvisa recebe pedido de uso emergencial da vacina CanSino contra a Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou, nesta quarta-feira (10), que recebeu o pedido de uso emergencial da vacina da Convidecia, fabricada pelo laboratório CanSino. O pedido foi apresentado na segunda-feira (8) pelo laboratório Biomm, representante no Brasil do fabricante da vacina produzida na China.

De acordo com a Anvisa, o prazo de análise é de sete dias úteis. O período não considera o tempo do processo em status de exigência técnica, que é quando o laboratório precisa responder questões técnicas feitas pela agência dentro do processo.

A vacina da CanSino é de dose única, assim como o imunizante da Janssen. Nos pedidos de uso emergencial, as primeiras 24 horas são dedicadas a uma triagem do processo para verificar se os documentos necessários estão disponíveis. De acordo com a Anvisa, na falta de informações importantes, a agência poderá solicitar dados adicionais ao laboratório.

Segundo a Anvisa, neste caso, e de forma excepcional, o processo foi disponibilizado para a equipe técnica no dia 10 e por isso a triagem inicial deve ser concluída nesta quinta-feira (11).

A análise do pedido de uso emergencial é feita por uma equipe multidisciplinar que envolve especialistas das áreas de registro, monitoramento e inspeção da Anvisa. Para a avaliação, são utilizadas as informações apresentadas junto com o pedido e também as aquelas já verificadas por meio da submissão contínua.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*