Carregando...

OMS não aconselha imposição de restrições de viagem devido à nova variante

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou os países na sexta-feira (26) que não aconselha a imposição de restrições de viagens relacionadas à nova variante B.1.1.529 da Covid-19, identificada na África do Sul.

Segundo a OMS, os países deveriam tomar uma “avaliação de risco baseada na ciência”.

“Até o momento, a implementação de medidas restritivas a viagens não é recomendada”, disse o porta-voz da OMS, Christian Lindmeier, em uma entrevista coletiva da ONU em Genebra.

“A OMS recomenda que os países continuem a aplicar uma abordagem científica e baseada no risco ao implementar medidas de viagem.”

A OMS, que convocou uma reunião de especialistas nesta sexta para avaliar se a B.1.1.529 constitui uma variante de interesse ou preocupação, compartilhará orientações adicionais com os governos sobre as ações que podem tomar diante da nova cepa.

Segundo a organização, levará algumas semanas para entender o impacto da variante, e os pesquisadores estão trabalhando para determinar o quão transmissível ela é e como afetará as vacinas, acrescentou Lindmeier.


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*