Carregando...

Estado do Rio recebe doses pediátricas e deve iniciar vacinação na segunda-feira

Após horas de atraso, as doses do imunizante contra a Covid-19 para crianças chegaram ao Rio de Janeiro e já estão na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da Secretaria de Estado de Saúde (SES), em Niterói.

A pasta havia informado que, de acordo com o Ministério da Saúde, as vacinas chegariam às 00h45 desta sexta-feira (14), mas só foram entregues pelo governo federal por volta das 11h. Foram recebidas 93.500 doses da Pfizer.

Segundo informado pela SES, o município do Rio fará a retirada do lote destinado à capital ainda na tarde desta sexta-feira. Já as cidades da região metropolitana farão a retirada no CGA no sábado. As demais regiões do estado receberão os imunizantes por aeronaves, vans e caminhões, também no sábado.

A intenção da SES é de que todos os municípios do estado comecem a vacinação a partir de segunda-feira (17). Apesar da quantidade inicialmente recebida, o objetivo, segundo a pasta, é vacinar cerca de 1,5 milhão de crianças de 5 a 11 anos em todo estado.

A recomendação é de que sejam vacinadas, prioritariamente, crianças com comorbidades e indígenas, seguidas das faixas etárias em ordem decrescente.

A capital fluminense deve receber pouco mais de 37,8 mil doses da vacina, o que corresponde a 42% do total enviado ao estado do Rio de Janeiro.

De acordo com o calendário divulgado pelo município do Rio, na próxima segunda-feira, a vacinação começa para as meninas de 11 anos. A previsão é de que 560 mil crianças sejam vacinadas na capital até o dia 9 de fevereiro. Elas receberão duas doses do imunizante da Pfizer em um intervalo de oito semanas. A ideia é que todo o público-alvo esteja vacinado até o início do ano letivo.

Logística de entrega

Até o momento, segundo levantamento da agência CNN, somente sete estados já estão com os imunizantes da Pfizer. Além do Rio, os estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Tocantins e Rio Grande do Sul também receberam as vacinas pediátricas. Há, pelo menos, dez estados que relataram atraso no recebimento das doses. Outros cinco estados (Maranhão, Roraima, Rondônia, Espírito Santo e Paraíba) e o Distrito Federal informaram que a previsão está dentro do prazo previsto.

Em nota enviada pelo Ministério da Saúde, houve antecipação da entrega destas doses pediátricas e todas elas serão entregues em menos de 48 horas.

“A distribuição começou na madrugada desta sexta-feira (14) e as vacinas estão a caminho dos estados. Mudanças pontuais na logística dos voos não vão afetar o início da vacinação pediátrica, que depende ainda do controle de qualidade dos órgãos competentes”, informou o ministério.

 

(Com informações de Julyanne Jucá)


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*