Carregando...

Espanha detecta primeiro caso local de cólera desde 1979 - Notícias - R7 Saúde

A Espanha detectou seu primeiro caso de cólera adquirido localmente em mais de quatro décadas, disseram autoridades regionais de saúde nesta quarta-feira (22), embora a pessoa infectada já tenha se recuperado e nenhum outro caso tenha sido relatado desde então.

A paciente do sexo feminino foi internada em uma unidade de saúde privada em Madri e recebeu alta depois de ser tratada, disse um porta-voz da autoridade de saúde da capital espanhola, sem fornecer as datas de internação ou outros detalhes.

Ela foi infectada depois de beber água de uma propriedade em Toledo, 75 km ao sul da capital, na região de Castilla La Mancha. A propriedade foi fechada por motivos de segurança, segundo autoridades de saúde daquela região.

A cólera é uma infecção diarreica aguda causada pela bactéria Vibrio cholerae e pode ser mortal se não for tratada. É transmitida principalmente por alimentos e água contaminados.

O último grande surto de cólera transmitido localmente na Espanha foi em 1979, quando 267 casos foram relatados principalmente em Barcelona e Málaga. Desde então, as autoridades de saúde registraram apenas alguns casos importados a cada ano.

Surtos pontuais da doença não são incomuns, especialmente em países em desenvolvimento ou zonas de guerra onde o tratamento muitas vezes não está disponível.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), entre 1,3 milhão e 4 milhões de casos de cólera são relatados em todo o mundo a cada ano.

Sete bactérias e fungos que provocam doenças fatais


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*