Carregando...

Ministério da Saúde recebe notificação de 3 casos de varíola dos macacos originados em SP

O Ministério da Saúde confirmou que foi notificado, nesta quinta-feira (23), sobre três casos autóctones para varíola dos macacos no estado de São Paulo, ou seja, casos que foram originados internamente e não são importados.

Tratam-se de três pacientes homens, moradores da cidade de São Paulo, com idades entre 24 e 37 anos, sem histórico de viagem para países com casos confirmados.

“Os casos ainda estão em investigação para a busca de vínculos de transmissão.Os pacientes estão isolados, com quadro clínico estável, sem complicações e sendo monitorados pelas Secretarias de Saúde do Estado e do Município”, afirmou o ministério da Saúde.

Casos no Brasil

Até o momento, o Brasil registra 14 casos confirmados para varíola dos macacos:

  • 10 casos em São Paulo;
  • 2 casos no Rio Grande do Sul
  • 2 casos no Rio de Janeiro

Destes, 11 são importados, com histórico de viagem para Europa, e três são autóctones.

“O Ministério da Saúde, por meio da Sala de Situação e do CIEVS Nacional, segue em articulação direta com o estado de São Paulo para monitoramento dos casos e rastreamento dos contatos. A pasta orienta que casos suspeitos sejam notificados imediatamente”, reitera a pasta.

CDC dos EUA confirma evidência de transmissão local da varíola dos macacos

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos disseram nesta quinta-feira (23) que há evidências de transmissão local da varíola, bem como casos relatados em pessoas que viajaram para o exterior.

Os casos estão ocorrendo principalmente em homens que se envolvem em relações sexuais com outros homens, mas as mulheres também estão sendo infectadas, disse o membro da equipe do CDC, Dr. Agam Rao, em uma reunião do painel.

As lesões associadas ao atual surto de varíola também são menores do que as típicas da varíola clássica, disse Rao.

*Com informações de Amruta Khandekar, da Reuters


Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados*